Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Fifa anuncia lista de 10 candidatos ao prêmio de melhor técnico do ano

(Foto: Danilo Borges/ Portal da Copa) - Fifa anuncia lista de 10 candidatos ao prêmio de melhor técnico do ano
(Foto: Danilo Borges/ Portal da Copa)

A Fifa anunciou nesta quarta-feira uma lista de dez nomes que concorrerão ao prêmio de melhor técnico de 2016, cujo vencedor será conhecido no dia 9 de janeiro, em Zurique, na cerimônia de gala onde será revelado o ganhador da Bola de Ouro, honraria concedida ao jogador eleito o melhor do mundo no ano.

Oito técnicos nascidos em solo europeu, entre eles o francês Zinedine Zidane, do atual vencedor da Liga dos Campeões, Real Madrid, figuram nesta lista, além dos argentinos Mauricio Pochettino, do Tottenham, e Diego Simeone, do Atlético de Madrid.

Também estão entre os candidatos o badalado espanhol Pep Guardiola, que concorre pelo seu trabalho à frente de Bayern de Munique e agora pelo Manchester City, clube que assumiu no início desta temporada europeia. O seu compatriota Luis Enrique, do Barcelona, é outro que está nesta disputa depois de ter faturado esta honraria no ano passado.

Destaque também para a presença do italiano Claudio Ranieri, que conseguiu o enorme feito de levar o pequeno Leicester ao surpreendente título inglês na temporada passada. Ele, porém, corre por fora nesta briga pela honraria, assim como o alemão Jürgen Klopp, listado como candidato nesta quarta-feira pelo seu trabalho no Liverpool.

Já entre os treinadores de seleções, figuram entre os dez candidatos o português Fernando Santos, que levou Portugal a um inédito e surpreendente título da Eurocopa, na França. O francês Didier Deschamps, que caiu com a seleção do seu país em casa na decisão contra os portugueses, é outro nome nesta lista de concorrentes ao prêmio, completada pelo galês Chris Coleman, que levou País de Gales a conquistar uma inédita e histórica classificação para as semifinais da Eurocopa, o maior resultado da seleção galesa em todos os tempos.

A votação que elegerá o melhor técnico do mundo em 2016 contará com um novo sistema, fruto do fim da entrega do prêmio em parceria com a revista France Football, que ocorreu entre 2010 e 2015. Metade dos votos será dada por técnicos e capitães de seleções nacionais. Já a outra metade será determinada por meio de votação popular (25%) e de outros 200 jornalistas de seis continentes que serão selecionados pela Fifa e completarão os outros 25%.

Os três candidatos finais a este prêmio será revelada no dia 2 de dezembro, sendo que na última terça-feira a Fifa já havia anunciado uma lista de dez nomes que concorrerão ao prêmio de melhor comandante de time ou seleção feminina do ano. Entre eles está Oswaldo Alvarez, o Vadão, demitido justamente na última terça-feira do comando da seleção brasileira. Ele foi substituído no cargo por Emily Lima, que se tornou a primeira mulher a dirigir o time nacional.

Confira os dez candidatos a melhor técnico de 2016:

Chris Coleman (País de Gales/seleção galesa)

Didier Deschamps (França/seleção francesa)

Pep Guardiola (Espanha/Bayern de Munique e Manchester City)

Juergen Klopp (Alemanha/Liverpool)

Luis Enrique (Espanha/Barcelona)

Mauricio Pochettino (Argentina/Tottenham)

Claudio Ranieri (Itália/Leicester)

Fernando Santos (Portugal/seleção portuguesa)

Diego Simeone (Argentina/Atlético de Madrid)

Zinedine Zidane (França/Real Madrid)