Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Fluminense dá início ao planejamento de 2017 com novas contratações

(Foto: Nelson Perez / Fluminense FC) - Fluminense dá início ao planejamento de 2017 com novas contratações
(Foto: Nelson Perez / Fluminense FC)

BERNARDO GENTILE

DO RIO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Fluminense deu início ao planejamento de 2017 ainda neste ano, quando fechou as contratações de Sornoza e Orejuela. Com isso, a diretoria, agora, trabalha com outras prioridades para tornar o elenco mais competitivo na próxima temporada. E isso passa pela chegada de um lateral direito e outro esquerdo, um zagueiro e, claro, um centroavante.

O técnico Abel Braga está satisfeito com os dois laterais que terá para a próxima temporada. São eles Wellington Silva e Léo Pelé, que retorna de empréstimo do Londrina, onde se destacou na última Série B. Mesmo assim, a diretoria procura um jogador para cada lado.

Durante as eleições, Carlinhos foi especulado para a posição por um dos candidatos, Celso Barros. Com a vitória de Abad, porém, o lateral esquerdo não tem qualquer chance de voltar a vestir a camisa do Flumiense.

Mesmo que a saída de Gum ainda não tenha sido concretizada, o Fluminense já procura uma nova peça para o setor. Atualmente, o time conta com Henrique, Renato Chaves e Nogueira. A chegada de mais um defensor se faz necessária para fechar quatro atletas no setor.

Por último, mas não menos importante, o centroavante. Esse foi o principal defeito do time desde a saída de Fred para o Atlético-MG. Magno Alves e Richarlison não supriram a falta do camisa 9. Henrique Dourado foi contratado para isso e fez o Flu abrir os cofres. Mas de nada adiantou. O jogador está fora dos planos, mas tem contrato longo e a situação indefinida.

Vale ressaltar que o Fluminense tem vários atletas fora dos planos com contratos longos. Caso o clube consiga ’se livrar’ desses jogadores, o número de reforços mudará. Assim como a prioridade dependendo da perda.