Ainda em guerra, Ucrânia anuncia volta do campeonato local

O governo ucraniano confirmou o retorno do futebol profissional no país. Ainda em guerra com a Rússia, a Ucrânia terá de volta o campeonato local a partir de 23 de agosto, véspera da data em que a nação do leste europeu comemora a independência da antiga União Soviética. O retorno da Ukranian Premier League conta com um protocolo de segurança por causa do conflito armado com os russos.

A volta do Campeonato Ucraniano foi anunciada por Vadym Gutzeit, ministro Esporte do país europeu. No comunicado, Vadym Gutzeit revelou alguns pontos do protocolo de segurança para o retorno do futebol profissional no país.

“Perto dos estádios deve haver um local de refúgio. Durante os ataques aéreos, os jogos vão parar. Jogadores, treinadores e todas as pessoas envolvidas nas partidas terão de ir rapidamente para o refúgio”, afirmou o ministro do Esporte da Ucrânia.

Além dos pontos citados por Gutzeit, o protocolo de segurança prevê partidas totalmente fechadas para o público, além da necessidade de liberação militar para que as partidas ocorram. Não houve uma definição se o Campeonato Ucraniano será disputado por todo o país ou somente em cidades menos afetadas pela guerra com a Rússia.

Neste primeiro momento, dado o contexto do confronto armado, a liga local contará majoritariamente com atletas nascidos no país. Muitos jogadores estrangeiros deixaram a Ucrânia por causa da guerra e, no atual cenário, os clubes contam principalmente com atletas ucranianos. 

O retorno do futebol do país do leste europeu ainda conta com um simbolismo diante dos horrores da guerra. A data para a volta do campeonato é 23 de agosto, que marca a comemoração do dia nacional da bandeira na Ucrânia. No dia 24, os ucranianos celebram o principal feriado nacional, que é o da independência – a Ucrânia deixou de fazer parte da União Soviética em 1991.

A última edição do Campeonato Ucraniano foi encerrada assim que a Rússia invadiu o país, no dia 24 de fevereiro. O Shakhtar Donetsk era o líder da competição, mas não foi declarado como campeão do torneio. Tanto o Shakhtar quanto o Dínamo de Kiev vão disputar a próxima edição da Champions League. Os dois clubes vão mandar partidas em local neutro. 

Informações do SBT Sports.