Ídolo do Liverpool detona Cristiano Ronaldo: “Causa desunião e desarmonia”

A temporada 2021/22 do Manchester United foi para esquecer. No entanto, para John Barnes, ex-jogador e ídolo do Liverpool, há pelo menos um atleta do elenco dos Red Devils que pode ser responsabilizado pelo desempenho ruim da equipe: Cristiano Ronaldo. O antigo camisa 10 dos Reds detonou o craque português em uma análise na imprensa inglesa.

Em entrevista ao jornal The Mirror, o ex-atleta do Liverpool apontou principalmente que um suposto egoísmo de Cristiano Ronaldo atrapalhou o grupo do Manchester United. John Barnes pontuou que o craque português causa “desunião e desarmonia”.

“Ronaldo causa desunião e desarmonia. Quando a bola não lhe chega, ele joga as mãos para o alto… é um ótimo exemplo, não é? A harmonia no Manchester United é um problema e quem provoca essa desarmonia? Ele anda como se dissesse ‘são os outros, eu faço o meu trabalho’. Isso não é o que faz um líder, isso é alguém que apenas pensa nele. Os torcedores gostam muito dele e quando as coisas não lhe correm bem, ele dz: ‘A culpa não é minha'”, analisou Barnes.

“Sabemos que Ronaldo esteve bem, mas ele prefere marcar 20 gols na temporada ou que o Manchester United termine mais acima? Acho que teriam terminado a temporada de outra forma se tivesse com um time melhor, se a harmonia fosse melhor. Cristiano Ronaldo não marcaria os gols, mas a equipe seria melhor, estaria ganhando jogos. Ronaldo prejudica os outros jogadores. Rashford teria feito uma temporada melhor, Bruno Fernandes teria feito uma temporada melhor, Sancho teria sido melhor. Quem contratou Ronaldo é que tem a culpa”, completou o ex-camisa 10 do Liverpool.

Cristiano Ronaldo foi alvo de críticas ao longo da temporada. O jogador ainda conviveu com troca de farpas com o alemão Ralf Rangnick, que comandou a equipe de forma interina nos últimos meses. Entretanto, o holandês Erik ten Hag, novo comandante dos Red Devils, declarou que conta com o camisa 7 para a próxima temporada.

A permanência do português na equipe inglesa ainda é motivo de mistério, já que o clube está fora da próxima edição da Champions League, torneio que o atacante possui uma relação especial. O Manchester United terminou a Premier apenas na 6ª colocação. Cristiano Ronaldo anotou 24 gols em 39 jogos na temporada. 

Informações do SBT Sports.