Klopp compara bem-estar dos jogadores às mudanças climáticas e cobra ação

O técnico do Liverpool, Juergen Klopp, comparou o bem-estar dos jogadores às mudanças climáticas como uma questão que todos estão cientes, mas ninguém está preparado para enfrentar, pedindo aos dirigentes do futebol que ajam antes que seja tarde demais.

Klopp manifestou irritação com o fato de a Copa do Mundo deste ano aumentar o calendário já lotado de jogos, com o torneio a ser realizado no Catar no meio da temporada europeia.

A temporada da Premier League será pausada de 12 de novembro até 26 de dezembro para a realização do Mundial, que acontece de 21 de novembro a 18 de dezembro.

“Se você vai à final de uma Copa do Mundo e vence ou perde ou uma partida pelo terceiro lugar, já está bastante desgastado e o resto começa uma semana depois”, disse Klopp a repórteres nesta sexta-feira antes da estreia do Liverpool na Premier League diante do Fulham.

“Se todos os jogadores tiverem uma pausa, não é um problema, é bom. É como uma pausa de inverno que eu tive muito na Alemanha como jogador, quatro semanas (de folga), coisas assim.”

“Quando começo a falar sobre isso, fico muito zangado… É como o clima. Todos sabemos que tem que mudar, mas ninguém está dizendo o que temos que fazer.”

Klopp acrescentou que entidade como Fifa, Premier League e Associação de Futebol da Inglaterra precisam deixar o interesse próprio de lado e encontrar uma maneira de aliviar o fardo sobre os jogadores.

“Precisa haver uma reunião em que todos conversem entre si e o único assunto deve ser a parte mais importante deste esporte — os jogadores”, disse.

“Meu problema é que, por mais que todos saibam que não está certo, ninguém fala o suficiente sobre isso para mudar. Algo tem que mudar. Esta Copa do Mundo acontece no momento errado pelas razões erradas”, completou.