Mctominay marca nos acréscimos e salva Manchester United de vexame na Liga Europa

Manchester, 13 (AE) – Apenas na quinta colocação do Campeonato Inglês, nove pontos atrás do líder Arsenal, o Manchester United também não vem tendo vida fácil na Liga Europa Nesta quinta-feira, o time precisou de um gol de Mctominay, aos 48 do segundo tempo, para se livrar de vexame diante do Omonia Nicosia, do Chipre. O triunfo apertado, por 1 a 0, manteve os ingleses na segunda colocação da chave, atrás da Real Sociedad.

Cristiano Ronaldo mais uma vez decepcionou, pouco aparecendo no ataque e cometendo erros bobos. A fase do astro português é tão ruim que ele conseguiu falhar em dois domínios simples de bola em sequência já na reta final da partida em Manchester, vendo a bola bater em seu corpo e se perder pela linha de fundo. Escapou das vaias graças a jogada individual de Sancho que passou pelos marcadores e cruzou para Mctominay bater forte para aliviar o clima em Old Trafford.

Vale ressaltar que o time inglês criou muitas chances de gol na partida – acima de 30 finalizações -, mas a maioria foi distante do alvo, em clara demonstração de nervosismo. Faltava capricho para os comandados de Ten Hag, que com a igualdade viam os espanhóis abrirem cinco pontos, restando seis em disputa.

Com quatro rodadas disputadas, o Manchester subiu para nove pontos após o triunfo no sufoco. A liderança da chave é da Real Sociedad, com 12 após fazer 3 a 0 no Sheriff. Ambos se enfrentam somente na última rodada e ganhar daqui 15 dias será vital para o United chegar dependendo só de suas forças pela vaga – apenas o primeiro avança direto às oitavas, com o segundo colocado indo para playoff com o terceiro colocado da Liga dos Campeões.

Depois de sofrer no Chipre para buscar virada por 3 a 2 na semana passada, a expectativa era de um triunfo mais tranquilo em Old Trafford. Ten Hag manteve a formação com quatro peças ofensivas, mas com Rashford no lugar de Sancho. No meio, Fred formou parceria de marcação com Casemiro.

Com apoio da torcida e nova chance para Cristiano Ronaldo ao lado do brasileiro Antony, o plano era quebrar a parede defensiva dos cipriotas logo para encaminhar vitória e entrar na briga por vaga direta com a Real Sociedad.

Os primeiros 45 minutos, contudo, foram sem brilho e com falta de capricho nas finalizações. O segundo tempo começou com um persistente 0 a 0 que deixava o time em situação difícil na chave por causa da vitória parcial dos espanhóis sobre o Sheriff

Fred, Cristiano Ronaldo, Rashford em mais de uma tentativa, Bruno Fernandes, todos desperdiçaram boas chances na etapa final E nada de o primeiro gol sair. Antony deu lugar para Sancho e Fred saiu para entrada de Eriksen em tentativa desesperada de Ten Hag modificar o rumo da partida.

O alívio veio quando a torcida já começava a mostrar impaciência Sancho chamou os defensores para “bailar” e encontrou Mctominay no meio da área. O giro foi indefensável para Uzoho e acabou com o sonho dos cipriotas de somarem seu primeiro ponto na competição.

ARSENAL

O Arsenal continua soberano na Liga Europa. Nesta quinta-feira, mesmo sem o artilheiro Gabriel Jesus, poupado, e com os demais brasileiros começando no banco de reservas, foi até a Noruega e voltou a vencer o Bodó Glimt, desta vez por 1 a 0, para manter os 100% de aproveitamento e a liderança do Grupo A, agora com três triunfos.

O técnico Mikel Arteta mais uma vez rodou seu elenco, descansando suas principais peças. O artilheiro Gabriel Jesus, que no jogo passado contra os noruegueses entrou e fez bela jogada para o gol de Fabio Vieira, desta vez nem no banco ficou – permaneceu em Londres tratando as pancadas sofridas no clássico contra o Liverpool e já pensando no jogo contra o Leeds United, fora de casa, no domingo. Os demais brasileiros, Gabriel Magalhães, Martinelli e Marquinhos iniciaram como opção no Aspmyra Stadium, em Bodo.

Mesmo em um campo com gramado artificial e sob baixa temperatura, o Arsenal não teve trabalho para assumir o comando da partida. E, aos 24 minutos, abriu o placar em um gol de Saka, que bateu e contou com o desvio no defensor para fazer 1 a 0. O gol seria o único da partida. Mesmo com Gabriel Martinelli e Marquinhos na reta final do segundo tempo, o placar não foi alterado.

Com novo triunfo diante dos noruegueses – fez 3 a 0 em Londres, na semana passada -, o Arsenal se mantém no topo da classificação, agora com nove pontos. A próxima aparição na Liga Europa será diante do PSV, dia 20, no Emirates Stadium, rival com o qual disputará a vaga direta às oitavas.

Pelo Grupo B, o Fenerbahçe de Jorge Jesus e o Rennes disputam rodada a rodada a vaga direta às oitavas de final. Ambos chegaram aos 10 pontos, após quatro jornadas, com vitórias nesta quinta-feira. Os turcos figuram em primeiro nos critérios de desempate.

Em visita ao AEK Larnaca, o Fenerbahçe viu João Pedro, brasileiro naturalizado italiano, abrir o placar, antes de os pênaltis darem a tônica no jogo – foram três seguidos. Trickovski empatou. Restando 10 minutos para o fim, Batshuayi cobrou bem e recolocou os turcos em vantagem. Valencia não teve a mesma frieza na hora de ampliar, ao bater nas mãos do goleiro. O resultado de 2 a 1, porém, se manteve até o fim.

Já os franceses fizeram 1 a 0 na casa do Dynamo Kyev, gol de Wooh, seguraram a pressão e tentarão assumir a liderança daqui duas semanas, em decisão na visita ao Fenerbahçe – empataram por 2 a 2 na França.

Fazendo campanha decepcionante na Liga Europa, a Roma visitou o Betis e escapou de nova derrota graças a gol de Bellotti, concluindo cruzamento de Camara, igualando a partida em 1 a 1. Canales havia aberto o placar para os espanhóis, que perderam os 100% de aproveitamento, mas seguem tranquilos na liderança, com 10 pontos.

Já o Braga abriu 3 a 1 sobre o Saint Gilloise, fora de casa, mas permitiu a reação e o empate por 3 a 3 no Grupo D. Outro jogo terminou em empate, desta vez no F, com Feyenoord 2 x 2 Midtjylland. No Grupo G, o Freiburg ganhou a quarta seguida com goleada por 4 a 0 sobre o Nantes, enquanto Qarabag e Olympiacos ficaram no 0 a 0.

Demais resultados: PSV Eindhoven 5 x 0 Zurich (Grupo A); Ludogorets 2 a 0 HJK (C); Union Berlin 1 x 0 Malmo (D); Lazio 2 x 2 Sturm Graz (F) e Ferencvaros 2 x 1 Crvena Zvezda e Trabzonspor 4 x 0 Monaco (H).

Por Estadão Conteúdo