Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Henzel deve ter alta na segunda; Neto tem mobilidade preservada

(Foto: Divulgação/Chapecoense) - Henzel deve ter alta na segunda; Neto tem mobilidade preservada
(Foto: Divulgação/Chapecoense)

Os médicos que cuidam dos três sobreviventes brasileiros do voo da Chapecoense que se encontram em Chapecó -Neto, Alan Ruschel e Rafael Henzel- atualizaram a situação dos dois jogadores e do jornalista. A médica Juliana Foresti explicou que Henzel deve ter alta na segunda (19) e deu detalhes do estado do zagueiro Neto. Ruschel será liberado na tarde desta sexta (16).

Sobre Ruschel, a médica contou que o jogador tentou até mesmo visitar Neto na manhã desta sexta. "Ele não está precisando de medicamentos para dormir, os exames estão estáveis. A alta de Alan deve ser após às 14h. Ele está caminhando no corredor. Hoje encontrei ele na porta querendo visitar o Neto. Ele passou muito bem a noite", disse a médica. "O Neto está em isolamento de contato, o Rafael continua e o Alan saiu. Deixamos ele chegar na porta e dar o "oi" pro Neto, devidamente vestido. Não podemos deixar muito próximo, mas um "oi" eles deram".

Henzel poderá ter de passar por cirurgia no pé. "Ainda não se concluiu se iremos fazer enxerto de pele no pé do Rafael Henzel. O plano de alta seria amanhã de manhã para a conclusão do tratamento em casa. Mas como está em avaliação para o pé esquerdo, o cirurgião plástico deve fazer a reavaliação e provavelmente a alta será na segunda-feira", disse a doutora Juliana Foresti.

"O Neto chegou ontem para a gente. Pensamos que chegaria mais debilitado, mas ele encontrou a família e assim como os outros, ficou feliz. Ele tem uma lesão na quinta vértebra lombar, não precisa de cirurgia. Ele tem mobilidade, faz fisioterapia, mas não pode andar ainda. Também teve lesão de tendão patelar direito e será feita avaliação. Tem lesões de pele no tornozelo esquerdo, que tem secreção. Os exames laboratoriais estão dentro do esperado, mas vamos iniciar antibiótico para isso. O outro, para a pneumonia na Colômbia se encerra hoje. Ele está respirando bem. Ele se alimentou melhor, mas dormiu pouco. Está estável e sem previsão de alta", continuou.