Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Inter já trabalha e analisa possível saída de Paulão

Paulão chegou a ser capitão do Internacional ao longo de 2016, mas não tem permanência garantida para 2017. O zagueiro recebeu sondagens e pode trocar o estádio Beira-Rio por outro clube brasileiro. A saída, contudo, depende de uma compensação. O Colorado quer dinheiro ou jogadores para liberar seu camisa 25.

A origem da postura do Inter está no contrato do zagueiro. Em maio, Paulão renovou com o clube gaúcho até o final de 2019.

Ou seja, além de ser um ativo tem valor expressivo atrelado pelo longo contrato e seus vencimentos. A saída imediata, sem compensação, vai gerar prejuízo. Seja por falta de recurso ou por deixar de gerar chegada de caras novas.

Desde a queda para a Série B, o Internacional tomou cuidado para não falar em reformulação geral. Os vínculos longos de 90% do grupo de jogadores é um dos pontos. O outro é a necessidade de não desvalorizar os atletas, mesmo com o rebaixamento.

Paulão foi o terceiro jogador que mais atuou pelo Inter em 2016, com 52 partidas. Só ficando atrás de Eduardo Sasha e Ernando, com 56 e 54 jogos respectivamente.

Contratado em 2014, viveu altos e baixos no Internacional. Em 2015, chegou a ficar fora dos planos de Diego Aguirre e voltou a atuar com Argel Fucks. O retorno sob o comando do novo treinador fez o zagueiro ganhar a faixa de capitão após a saída de Alisson para a Roma-ITA.