Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Inter perde do Atlético-MG em casa e fica ainda mais longe do título

(Foto: Ricardo Duarte/Internacional) - Inter perde do Atlético-MG em casa e fica ainda mais longe do título
(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Caiu o último mandante invicto no Campeonato Brasileiro. O Internacional acabou derrotado pelo Atlético Mineiro por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, e viu a possibilidade de título ficar ainda mais distante, no estádio Beira-Rio, pela 36ª e antepenúltima rodada.

Em 18 jogos disputados em casa, o Inter venceu 13, empatou quatro e perdeu apenas para o Atlético-MG. O resultado desta noite deixou o time gaúcho com 65 pontos, contra 71 do Palmeiras, que precisaria perder todos os jogos para a equipe do técnico Odair Hellmann seguir com chances de ser campeão. Já o Atlético Mineiro venceu a terceira consecutiva e foi para 56, na sexta posição, praticamente garantindo uma vaga na fase preliminar da Copa Libertadores de 2019.

Ainda buscando alcançar o Palmeiras na liderança, o Inter aproveitou o embalo dos seus torcedores para pressionar o Atlético Mineiro. E por muito pouco não abriu o placar aos oito minutos, quando Leandro Damião escorou e Adilson fez o corte preciso. O time gaúcho também chegou com um chute de longa distância de Patrik, pela linha de fundo.

Aos poucos, o Atlético foi equilibrando as ações e chegou a envolver o Internacional. Levir Culpi apostou em um time ofensivo, que acabou dando resultado logo no primeiro tempo. Aos 41 minutos, Adilson recuperou a bola no campo de defesa e acionou Chará. O atacante mandou no lado esquerdo para Cazares, que invadiu a área e acertou o ângulo de Marcelo Lomba.

Antes do gol, o time mineiro já era melhor na partida e tinha perdido boas oportunidades de marcar. Apostando na velocidade de seus principais jogadores, o Atlético empurrou o Inter para o campo de defesa. Quando ficou atrás do placar, a equipe gaúcha não teve tempo para reagir.

No segundo tempo, o Inter tentou um abafa inicial, mas não encontrou espaços na defesa do atleticana. Aos 11 minutos, após cobrança de escanteio de D'Alessandro, Emerson Santos mandou de cabeça rente à trave de Victor.

A pressão continuou até Leandro Damião desperdiçar uma grande oportunidade de gol. Aos 16 minutos, Camilo cobrou escanteio e Patric acabou dominado a bola para o atacante colorado, que isolou. Já era ataque contra defesa quando Cazares arriscou do meio-campo e não marcou por muito pouco.

De tanto insistir, o Inter chegou ao empate. Maidana derrubou Leandro Damião dentro da área e o árbitro marcou pênalti. D'Alessandro foi para a cobrança e deixou tudo igual, aos 37 minutos. Damião ainda teve a chance de colocar o Inter na frente, mas perdeu outra chance incrível.

Aos 46, Rossi chegou a marcar, mas o árbitro acabou pegando posição irregular do jogador e anulando o lance. Melhor para o Atlético, que encaixou mais um contra-ataque para surpreender o rival. Cazares cruzou na medida para Terans dar números finais ao duelo. O time mineiro só não fez o terceiro porque Lucas Cândido mandou no travessão.

Na próxima rodada, o Atlético Mineiro enfrenta o Santos no sábado, às 20h, na Vila Belmiro, em Santos (SP). No dia seguinte, às 19h, o Inter pega o Fluminense no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

FICHA TÉCNICA

INTER 1 x 2 ATLÉTICO-MG

INTER - Marcelo Lomba; Fabiano (Juan Alano), Victor Cuesta, Emerson Santos e Iago; Edenilson, Rodrigo Dourado, Patrick (Camilo) e D'Alessandro; Nico Lopez (Rossi) e Leandro Damião. Técnico: Odair Hellmann.

ATLÉTICO-MG - Victor; Emerson, Léo Silva, Iago Maidana e Patric; Matheus Galdezani (Lucas Cândido), Adilson e Cazares; Luan (Terans), Chará e Ricardo Oliveira (Alerrandro). Técnico: Levir Culpi.

GOLS - Cazares, aos 41 minutos do primeiro tempo. D'Alessandro, aos 37, e Terans aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Victor Cuesta (Internacional); Adilson e Iago Maidana (Atlético-MG).

ÁRBITRO - Raphael Claus (SP).

RENDA - R$ 510.090,00.

PÚBLICO - 22.303 pagantes (25.065 no total).

LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo