Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Inter supera o Brasil-RS em Pelotas e entra no G4 da Série B

(Foto: Reprodução Facebook) - Inter supera o Brasil-RS em Pelotas e entra no G4 da Série B
(Foto: Reprodução Facebook)

O Internacional fez um bom primeiro tempo, voltou a finalizar contra a meta adversária e se recuperou na Série B do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado, pela décima rodada, o time de Guto Ferreira derrotou o Brasil-RS, por 1 a 0, no duelo regional disputado no estádio Bento de Freitas, em Pelotas. Fabinho marcou o único gol da partida ainda no primeiro tempo.

A boa atuação e, principalmente, o resultado foi suficiente para recolocar o Inter na zona de acesso da Série B, com 17 pontos. Além disso, encerrou um jejum, pois o time não vencia há três jogos. O Brasil, por sua vez, caiu para o nono lugar, com 14 pontos. De forma surpreendente, o técnico Rogério Zimmermann poupou vários titulares por desgaste.

Vaiado no último meio de semana quando empatou sem gols com o Paraná, o Inter entrou em campo sob o peso dos dois jogos sem acertar o gol adversário. Isto fez com que Guto Ferreira apresentasse novidades e um esquema com três volantes, para dar mais liberdade a D'Alessandro. A mudança deu certo, não pela boa atuação do meia, mas pelas infiltrações dos volantes. Com menos de dez minutos, o volante Charles apareceu duas vezes para finalizar e obrigar Marcelo Pitol a trabalhar.

Pelo lado esquerdo, os colorados concentraram seu foco ofensivo e foram levando perigo. Aos 15 minutos, após lançamento de Uendel, Sasha ganhou da marcação na corrida e deu um toquinho na saída de Pitol. A bola caprichosamente saiu pelo lado direito do gol.

Enquanto Pitol seguia salvando sua meta, o Brasil enfrentava dificuldades para penetrar na defesa adversária e só ameaçava em jogadas de bola parada. Com bom futebol e volume ofensivo, o Inter conseguiu abrir o placar aos 38 minutos. Brenner recebeu na esquerda e cruzou para D'Alessandro, na entrada da área. O argentino dominou e rolou para Fabinho, que entrou em velocidade e finalizou cruzado.

O Brasil voltou com nova postura no segundo tempo, tentando empurrar o Inter para o campo de defesa. Mesmo cedendo espaços em contra-ataques, os donos da casa foram para cima e assustaram Danilo Fernandes em dois lances seguidos. Primeiro em finalização cruzada de Juninho, depois de jogada individual. Na sequência, em cabeceio de Lincom.

Apesar do espaço para jogar, o Inter não aproveitou as oportunidades que apareceram para matar o jogo. Marcelo Cirino e Diego, ambos vindo do banco de reservas, perderam chances claras, em contra-ataques e mantiveram os donos da casa na partida. Mas em meio a uma grande quantidade de cruzamentos e pouca inspiração, o Inter conseguiu confirmar a vitória. Um alívio.

Os times voltam a campo no próximo sábado. Às 16h30, o Inter recebe o Boa Esporte, no Beira Rio, em Porto Alegre. Um pouco mais tarde, às 19 horas, o Brasil visita o América-MG, no Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL DE PELOTAS 0 X 1 INTERNACIONAL

BRASIL DE PELOTAS - Marcelo Pitol; Wender, Cirilo, Teco e Breno; Leandro Leite (Gustavo Papa), Marcinho, Itaqui e Rafinha (Aloísio); Lincom e Nem (Juninho). Técnico: Rogério Zimmermann.

INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; Edenílson, Danilo Silva, Klaus e Uendel; Fabinho, Dourado, Charles (Junio) e D'Alessandro; Brenner (Marcelo Cirino) e Eduardo Sasha (Diego). Técnico: Guto Ferreira

GOL - Fabinho, aos 38 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - André Luiz de Freitas Castro (GO)

CARTÕES AMARELOS - Cirilo, Wender e Marcelo Pitol (Brasil); Fabinho e Uendel (Internacional).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 10.449 (total).

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo