João Burse chega a acordo e deixa o Cianorte após se despedir do Campeonato Paranaense

Dono da marca atual de “treinador mais longevo no comando de um clube no Brasil”, entre os times das 4 divisões, João Burse já chegou, nesta segunda-feira, a um acordo com a diretoria do Cianorte Futebol Clube e não é mais comandante do clube.

Burse e seu auxiliar, Marcos Carvalho, se despedem do Leão do Vale após a disputa do terceiro estadual seguido à frente da equipe e se diz grato por tudo que vivenciou neste período.

“Sentimento de gradidão por tudo que vivemos aqui. Foram três temporadas. Agradecimento especial ao Lucas (presidente) ao Adir (gerente de futebol); aos funcionários, à cidade e todos que torcem pelo clube. Fica o meu abraço em todos”, disse o, agora, ex-treinador do Cianorte FC.

O presidente Lucas Franzato também agradeceu toda a contribuição e comentou a mudança de estratégia que a direção adotará para o clube na disputa da Série D, com apostas em jovens atletas e maior investimento na base.

“ É momento de restruturação, jogar a série D de forma diferente, vários atletas de empréstimos e jovens que possam nos dar uma base para o estadual do ano que vem. Focar em um novo direcionamento do clube, começar a investir mais na base devido a nossa estrutura existente“, comentou Franzato.

No Cianorte, Burse se apresentou no dia 21 de outubro, de 2019. Foram 63 jogos, marcados pela temporada mais longa da história do clube com 35 jogos no ano de 2020

O Cianorte FC estreia na Série D no dia 17 de abril, conta a equipe do Nova Iguaçu FC, no Rio de Janeiro.