Em jogo com dois pênaltis perdidos, Corinthians segura empate com Deportivo Cali

O Corinthians ficou no empate sem gols com o Deportivo Cali na noite desta quarta-feira (4), na Colômbia, pela quarta rodada do Grupo E da Copa Libertadores da América. Cássio cometeu pênalti, mas defendeu a cobrança de Téo Gutierrez aos 21 minutos do segundo tempo. Já aos 38 minutos, Fábio Santos desperdiçou a cobrança de pênalti ao mandar por cima do gol.

Com o empate, o Timão permanece na liderança, com sete pontos. No outro jogo do grupo, o Boca Juniors venceu o Always Ready e encostou no Corinthians, agora com seis pontos. Já o Deportivo Cali soma cinco pontos, e o Always Ready tem quatro. Tudo embolado.

Na próxima rodada, o Corinthians visita o Boca Juniors na temida Bombonera, em Buenos Aires. A partida será realizada no dia 17, uma terça-feira, com transmissão ao vivo do SBT a partir das 21h15.

Nesta quarta, o Corinthians não pode reclamar do ponto conquistado na Colômbia, mas a equipe criou chances para marcas antes e depois dos pênaltis. Nas melhores oportunidades antes da defesa de Cássio, Gustavo Mantuan recebeu livre dentro da área e finalizou por cima, e Jô cabeceou e viu De Amores fazer grande defesa para salvar o Deportivo Cali.

Por outro lado, Cássio já havia feito duas ótimas defesas antes de cometer o pênalti em Rodríguez. O goleiro corintiano se agigantou e defendeu a cobrança de Téo Gutiérrez.

Depois do pênalti, o Timão ainda teve outras chances clarsa para balançar a rede. Renato Augusto cruzou para Maycon, que mandou de canela por cima do gol. Aos 36, Júnior Moraes recebeu de Fábio Santos e foi derrubado por De Amares. Na cobrança, Fábio Santos mandou por cima. O mesmo Fábio Santos ainda teve praticamente “outro pênalti” logo em seguida, aos 42, ao receber cruzamento de Lucas Piton, mas finalizou para fora.

O técnico Vítor Pereira vem adotando rodízio no elenco em razão da maratona de jogos. Renato Augusto e Willian, por exemplo, entraram apenas aos 22 minutos do segundo tempo, enquanto Róger Guedes nem sequer saiu do banco de reservas. O técnico Vítor Pereira vem adotando rodízio no elenco em razão da maratona de jogos.

Além disso, Fagner torceu o tornozelo esquerdo logo com quatro minutos e foi substituído por Lucas Piton, que é lateral-esquerdo e atuou improvisado na direita. O treinador não tinha outro lateral direito à disposição, já que Rafael Ramos não está inscrito na Libertadores e João Pedro se recupera de lesão na coxa direita.

Informações do SBT Sports