Em jogo emocionante, América-MG avança na fase prévia da Libertadores

Com um jogo repleto de emoção, com direito a virada sobre o Guaraní (Paraguai) em pleno estádio Defensores del Chaco nos 90 minutos, e vitória por 5 a 4 nos pênaltis, o América-MG se classificou para a terceira fase prévia da Copa Libertadores.

Desta forma, o Coelho já assegurou, ao menos, uma vaga na Copa Sul-Americana (para conseguir chegar à fase de grupos da Libertadores é necessário superar ainda a terceira fase prévia, na qual encara o vencedor de Barcelona de Guayaquil e Universitário).

A equipe mineira chegou com desvantagem ao confronto decisivo, ao ser derrotada por 1 a 0 na última semana no estádio Independência.

O Coelho até começou buscando o ataque. Mas a situação começou a se complicar aos 10 minutos, quando o zagueiro Éder derrubou Benítez dentro da área. Dois minutos depois Fernando Fernández cobrou a penalidade máxima e não perdoou.

Aos 14 a equipe da casa voltou a vencer o goleiro Jailson, desta vez em gol de cabeça do zagueiro Marcos Cáceres após cobrança de escanteio.

Se a etapa inicial foi do Guaraní, o América-MG assumiu o controle das ações no segundo tempo. E a reação começou aos 13 minutos, quando Wellington Paulista marcou de carrinho após a bola ser levantada na área. O empate veio aos 29, novamente com o camisa 9, desta vez de cabeça, após receber de Everaldo.

Mas o Coelho precisava de mais um gol para, ao menos, levar o confronto para os pênaltis. E o time mineiro conseguiu, já nos acréscimos da partida, com o atacante Pedrinho.

Na disputa de pênaltis o América-MG foi mais competente, contando com uma defesa do goleiro Jailson e a frieza do atacante Everaldo, que não falhou na cobrança que garantiu o triunfo de 5 a 4.

Informações da Agência Brasil