Téo José projeta duelo entre Felipão e Abel Ferreira pela Libertadores

A expectativa está alta para o primeiro jogo da semifinal da Libertadores entre Athletico e Palmeiras. Os dois times se enfrentam na noite desta terça-feira (30) na Arena da Baixada em duelo que promete ser estudado, já que os dois times têm à frente técnicos com fama de ‘copeiros’: Luiz Felipe Scolari e Abel Ferreira. A partida será transmitida pela Rede Massa | SBT e terá Téo José na narração.

Craque da voz e do esporte, o narrador esteve em Curitiba para gravação de entrevista com Felipão e encontrou um espaço na agenda para participar do Massa News Entrevista desta semana. Téo adiantou os assuntos da entrevista com o técnico do Athletico que mais lhe chamaram a atenção e projeta como será o confronto decisivo.

Um dos pontos que mais surpreendeu o narrador do SBT foi Felipão dizer que ainda tem sonhos como treinador, mesmo estando em seu provável último trabalho na beira do campo. O principal, segundo ele, é conquistar a primeira Libertadores pelo Athletico. “Ele é o treinador com o maior número de semifinais da história, com seis, busca o terceiro título de Libertadores pelo terceiro time diferente, e quer esse título para o Athletico”, destaca Téo.

Durante o bate-papo com Felipão, que vai ao ar no intervalo do jogo desta terça, o técnico do Furacão também rasgou elogios ao treinador rival, Abel Ferreira. “Não tenho nenhuma dúvida em afirmar que vai ser um dos maiores treinadores do mundo, e o Abel preocupado com seus jogadores e com outras coisas além do futebol eu já via quando o convoquei para a seleção portuguesa”, destacou Felipão.

“São dois treinadores muito especialistas em mata-mata. O Felipão tem 46 vitórias em 80 jogos de Libertadores. O Abel, se a gente olhar, a porcentagem é até maior, vem de dois títulos e está em mais uma semifinal. Você pega um treinador que não conhece a competição e chega pela terceira vez seguida a uma semifinal, é um negócio gigantesco”, pondera.

E mesmo durante a preparação para o confronto decisivo, Téo não fica em cima do muro na hora de palpitar sobre quem tem mais chances no duelo. “Eu vejo o Abel com o grupo na mão, vejo um grupo que acredita no que o Abel faz, por isso eu vejo vantagem no time do Palmeiras”, pontua. “O Palmeiras tem um elenco melhor do que o Athletico, mas não é tão melhor, mas eu vejo o Abel hoje, com esse grupo, melhor do que o Athletico do Felipão”, acrescenta, destacando a diferença de tempo de trabalho entre os dois técnicos.

Além de falar da semifinal da Libertadores, Téo também lista quem pode ser o herói improvável do confronto, a exemplo de Breno Lopes e Deyverson nas finais dos últimos torneios continentais, além de relembrar momentos marcantes da carreira e falar sobre sua relação com a Fórmula Indy.

Confira a conversa completa com Téo José no Massa News Entrevista: