Real vence Napoli; brasileiros do Arsenal brilham na Champions

Madri, 29 (AE) – O Real Madrid continua imbatível na Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira, passou aperto no Santiago Bernabéu, mas um gol do jovem Nico Paz no fim e o desencanto de Joselu nos acréscimos garantiram o triunfo por 4 a 2 sobre o Napoli, confirmando a liderança do Grupo C com 15 pontos em cinco apresentações. O brasileiro Rodrygo anotou um belo gol na partida.

Real-vence-Napoli
Reprodução/Champions League

Apesar do revés em Madri, os italianos continuam com sete pontos e estão muito perto da segunda vaga da chave após o 1 a 1 entre Braga, com quatro, e Unión Berlim, lanterna com dois. Basta empatar com os portugueses na rodada final, em Nápoles.

Disposto a encostar no Real Madrid na tabela de classificação e, de quebra, confirmar sua vaga às oitavas de final com antecedência, o Napoli saiu para o ataque e não demorou a abrir o placar. Cruzamento da esquerda, Di Lorenzo ganhou de Bellingham e desviou para a pequena área e Giovanni Simeone aparece livre para fazer 1 a 0.

A festa italiana, contudo, durou pouco. Dois minutos depois, Rodrygo deixou tudo igual. Brahim Diaz arrancou em velocidade pelo meio e rolou para o brasileiro cortar o marcador e bater no ângulo. O empate não era de todo ruim, mas a virada veio logo aos 21. Lindo lançamento longo de Alaba e Jude Bellingham cabeceou com estilo, tirando do goleiro Meret.

Depois do susto inicial, os merengues voltaram ao comando do placar e mantendo a campanha perfeita, já que vinha de quatro vitórias seguidas. Já os italianos, que por uns minutos estavam indo aos 10 pontos, voltaram aos sete e tinham de torcer para o Braga perder no outro jogo para se classificar. Os portugueses caíam por 1 a 0 para o Union Berlin.

As contas modificaram rapidamente com o gol de Anguissa logo no primeiro minuto da etapa final. Depois de tentar cruzar e acertar a defesa, o jogador mandou uma bomba no rebote para igualar o marcador. Com os resultados combinados naquele momento, o Real Madrid confirmava a liderança e o Napoli levava a segunda vaga. O empate do Braga não interferia, pois os italianos abriam quatro do terceiro, restando uma rodada.

O jogo era aberto e bem disputado e Osimhen até fez o terceiro dos italianos após sair da reserva. Mas estava impedido. O Real Madrid respondeu com cabeçada à queima roupa de Rudiger e milagre de Meret, que ainda salvou com o pé esquerdo a batida de Bellingham, cara a cara.

De tanto insistir, o Real Madrid voltou a comandar o placar aos 38 minutos. O jovem Nico Paz, de somente 19 anos, se livrou da marcação e mandou um chute forte no canto, de fora da área. Meret falhou. Nos acréscimos, Joselu desencantou após receber belo passe de Bellingham. O Real fez festa e o Napoli adiou sua classificação, depois de tê-la nas mãos por um bom tempo.

GOLEADA, SHOW BRASILEIRO E VAGA

O Arsenal é mais um gigante classificado. O time de Mikel Arteta brilhou no Emirates Stadium, em Londres. Com um primeiro tempo alucinante, abriu 5 a 0 no Lens, da França, com gols de Gabriel Jesus e Gabriel Martinelli – ambos ainda deram uma assistência cada, para Havertz e Saka, respectivamente. Antes do descanso, Odegaard anotou o quinto.

Depois de construir o triunfo com facilidade, o time inglês diminuiu o ritmo e se poupou na etapa final. Tomiyasu e Zinchenko nem voltaram à etapa. Ainda assim, deu tempo de Jorginho, de pênalti, ampliar e definir os 6 a 0 no fim. Com o resultado elástico, o Arsenal chegou aos 12 pontos no Grupo B, confirmando sua classificação antecipada e a liderança, já que o segundo colocado PSV aparece com 8.

Classificado com somente quatro jogos, o Bayern de Munique perdeu seus 100% de aproveitamento no Grupo A ao ficar na igualdade sem gols com o Copenhague na Alemanha. Os dinamarqueses seguraram o empate a assumiram o 2º lugar, com os mesmos cinco pontos do Galatasaray – se enfrentam na rodada decisiva, na Dinamarca.

O Manchester United caiu para a lanterna da chave, com apenas quatro, e terá não apenas de quebrar a invencibilidade do Bayern na última jornada, na Inglaterra, como torcer por empate dos concorrentes.

Pelo Grupo D, onde Inter de Milão e Real Sociedad já estavam garantidos, a liderança permanece com os espanhóis após 0 a 0 com o Salzburg. Subiram para 11 pontos, ao lado dos italianos, que eram favoritos, mas sofreram demais diante do lanterna Benfica. Os portugueses foram ao descanso com 3 a 0, mas Arnautovic, Frattesi e Alexis Sanchez livraram os visitantes de vexame em Lisboa buscando o 3 a 3.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa