Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Londrina começa a catalogar objetos para inaugurar museu

(Foto: Londrina Esporte Clube/Divulgação) - Londrina começa a catalogar objetos para inaugurar museu
(Foto: Londrina Esporte Clube/Divulgação)

A diretoria do Londrina Esporte Clube planeja inaugurar o museu oficial do LEC ainda este ano nas dependências do estádio Vitorino Gonçalves Dias (VGD).

O local de aproximadamente 350 m² já foi reformado, pintado e aguarda a catalogação do acervo do clube para definição de quais itens serão expostos assim que o Museu do LEC for inaugurado.

Para a catalogação, o LEC contará com o apoio de membros do departamento de história da Universidade Estadual de Londrina e do Museu Histórico de Londrina Padre Carlos Weiss. A expectativa é que o trabalho de catalogação seja concluído em uma média de 30 dias.O historiador Osvaldo Fiorato Junior, contou um pouco do trabalho que será realizado com o acervo do Museu do LEC.

"Como se trata de um trabalho manual e o clube não possui o número de acervos com precisão, como também há de se levar em conta as especificidades do trabalho, como pessoal, estado das peças, objetivos a serem alcançados. Assim, considerando todos estes aspectos, acredito que aproximadamente um mês é possível se ter um balanço razoável, no entanto, não definitivo. É primordial que estas peças tenham uma destinação correta, como uma reserva técnica, climatizada, organizada por tipologias dos materiais, as peças devem ser acopladas em estantes, para melhor identificadas através do catálogo", destacou Osvaldo.

O trabalho de catalogação é efetuado por meio de identificação das peças, suas dimensões, origem, histórico, material, denominação, entre outros. Essas informações são repassadas para uma planilha de excel. Todas as peças são fotografadas, numeradas para a criação de um banco de dados de fácil localização.

Em sessenta anos de história, esta é a primeira vez que o LEC realiza um trabalho de catalogação de seu acervo. Em 2015, o clube iniciou os trabalhos com a contratação do jornalista Felipe Lessa para o levantamento das informações e agora, com o trabalho de inventariar tudo que conta a história do Destemido Tubarão.

"O acervo de um Museu não serve apenas para visitação, mas envolve também a participação da comunidade, pode ser utilizado como fonte para pesquisas e ensino. O Londrina deve pensar na narrativa que será construída em seu Museu, visando atração de público, valorização da memória e preservação dos bens", finalizou o historiador Osvaldo Fiorato.

Como doar

As doações para o Museu Oficial do Londrina Esporte Clube podem ser realizadas no estádio Vitorino Gonçalves Dias de segunda a sexta-feira das 8h às 18h. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones da secretaria do clube: (43) 3322-9756 ou 3347-2014.

(com assessoria de imprensa)