Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Londrina empata com o Criciúma e fica fora do G4

(Foto: Caio Marcelo/www.criciuma.com.br) - Londrina empata com o Criciúma e fica fora do G4
(Foto: Caio Marcelo/www.criciuma.com.br)

O Londrina empatou em 1 a 1 com o Criciúma na noite desta sexta-feira (28) no estádio Heriberto Hülse, pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado deixa o Tubarão com 53 pontos, e ficou fora do G4 por causa da vitória do Náutico sobre o líder Atlético-GO, por 2 a 1, na noite de sexta-feira. Uma vitória do Bahia sobre o Ceará na tarde deste sábado pode derrubar o LEC para a sexta posição. Para o time catarinense, o empate representa praticamente o fim do sonho por uma vaga na Série A.

"Nós lutamos até o final pela vitória. Tivemos chance de fazer o segundo. Resultado importantíssimo, contra uma equipe difícil", afirmou o goleiro Marcelo Rangel, que completou 50 jogos com a camisa alviceleste. Na próxima terça-feira (1º), o Londrina se reencontra com a torcida diante do Paysandu, no estádio do Café. "Quem quer subir tem que somar ponto fora de casa. Está de bom tamanho para nós, agora é buscar fazer o dever de casa", apontou Zé Rafael.


O jogo

Precisando da vitória para se manter vivo na busca pelo G4, o Criciúma começou a partida pressionando o Londrina. Logo aos quatro minutos, Roberto recebeu na área e bateu firme, para boa defesa de Marcelo Rangel. Aos 12, o camisa 1 brilhou de novo, desta vez em cobrança de falta de Niltinho no ângulo.

Melhor em campo no primeiro tempo, Rangel salvou de novo aos 23, quando Rafael Gava cabeceou para trás e quase marcou contra.

A única chance do Londrina veio aos 44 minutos. Fillipe Soutto cruzou na área e Itamar cabeceou na trave. Na sequência do lance, Zé Rafael acionou o centroavante londrinense, que girou sobre o zagueiro e bateu forte. Luiz espalmou, mas a bola morreu no fundo do gol. Foi o quatro gol do "quase aposentado" na competição.

Empolgado por estar à frente do placar, o Tubarão voltou melhor no segundo tempo. Logo aos dois minutos, o inspirado Itamar bateu cruzado para boa defesa de Luiz. Jô chega atrasado e não consegue perder o rebote e a chance de ampliar a vantagem alviceleste.

(Foto: Caio Marcelo/www.criciuma.com.br)(Foto: Caio Marcelo/www.criciuma.com.br) 

O Criciúma reagiu aos nove. Após cobrança de lateral, a bola sobrou para Raphael Silva, livre de marcação, finalizar na rede pelo lado de fora. Dois minutos depois, foi a vez de Roberto cabecear livre na área, parando em novo milagre de Marcelo Rangel.

A insistência dos donos da casa deu resultado aos 17. Em bola levantada na área, Fillipe Soutto subiu com o braço aberto, a bola bateu nele e o juiz anotou pênalti. Na cobrança, Niltinho deslocou o goleiro e empatou a partida.

Aos 25, o Criciúma quase ampliou. Em falta cobrada na área, Caíque subiu de cabeça e Fillipe Soutto, praticamente em cima da linha, salvou.

A partida ficou movimentada, com os dois times buscando a vitória. O Londrina assustou aos 35. Rafael Gava cruzou da direita, a bola sobrou para Zé Rafael, sem marcação, parar em grande defesa de Luiz.

Buscando a vitória, Tencati fez três alterações nos minutos finais da partida. Zé Rafael saiu para entrada de Safira, Rafael Gava foi substituído por Julio Pacato e Itamar deu lugar a Keirrison.

Nos acréscimos, mais uma vez o Tubarão ficou no 'quase'. Safira recebeu na área, passou pela marcação e bateu travado no canto. Luiz se esticou todo e, com a ponta dos dedos, evitou a derrota do Tigre.

(Foto: Caio Marcelo/www.criciuma.com.br)(Foto: Caio Marcelo/www.criciuma.com.br)

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo