Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Marcelo Cirino é obsessão do Inter e Fla analisa ’transferência de dívida’

- Marcelo Cirino é obsessão do Inter e Fla analisa ’transferência

MARINHO SALDANHA E VINICIUS CASTRO

PORTO ALEGRE, RS, E RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Internacional está decidido: quer Marcelo Cirino e não medirá esforços para isso. Mesmo esbarrando na difícil situação financeira, o clube busca alternativas para costurar a contratação do atacante de 24 anos. E assumir parte dos pagamentos do Flamengo está em debate.

A direção do Inter viu, ao tomar posse do clube no começo da semana, que a condição financeira é pior do que a esperada. Dívidas com jogadores, encargos e dificuldades para agir no mercado. Tudo isso desenha o início do ano em que voltar à elite do futebol brasileiro é o objetivo principal do clube.

Ao mesmo tempo em que se assustou com os cofres vazios, o comando decidiu que, se for para apostar tudo em alguém, será em Cirino. Por isso, os contatos com o Flamengo, o empresário do jogador e o grupo Doyen estão em curso.

Marcelo Cirino tem 50% dos direitos ligados ao Atlético-PR. Ele atua no Flamengo por empréstimo, mas os cariocas precisam pagar o investimento da Doyen até o final de 2017 para adquirir a fração correspondente dos direitos do atleta. Tal situação está prevista em contrato. O time carioca trabalha por uma alternativa que o livre da dívida.

Em razão disso, Inter e Flamengo conversam para a transferência dos valores. O Colorado receberia o jogador e arcaria com o pagamento. Em outras palavras, ‘assumiria‘ o contrato firmado pelos cariocas. Ou pelo menos boa parte do montante acordado.

Marcelo Cirino tem acordo de empréstimo válido até o fim de 2017 com o Flamengo. Os direitos econômicos estão divididos entre o Atlético-PR (50%) e o grupo Doyen (50%). O Flamengo paga R$ 2 milhões por ano aos paranaenses pelo empréstimo, além dos salários - cerca de R$ 200 mil mensais.

O fundo de investimento pagou R$ 16 milhões por 50% dos direitos econômicos de Cirino no fim de 2014 e costurou o empréstimo ao Flamengo com cláusulas que o protegem. Para recuperar o investimento, precisa vendê-lo por pelo menos 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões, na cotação atual) até o fim do empréstimo ou pode quitar a dívida do Doyen para adquirir os direitos econômicos.

Segundo previsto no acordo, o Flamengo também tem direito a 20% da receita de transferência caso uma eventual venda ultrapasse o valor de 3,5 milhões de euros.

Em relação ao jogador e seu agente, a intenção é mesmo trocar o Rio de Janeiro por Porto Alegre. Fora dos planos do técnico Zé Ricardo, Marcelo Cirino chegaria como o principal nome do Internacional para a Série B de 2017. Em 2016, ele disputou 50 partidas e marcou 12 gols. Resta saber se as partes acertarão a transferência nos moldes discutidos. Independentemente disso, o caminho está desenhado para a saída do atacante do Flamengo.