Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Marcelo lamenta lesão que deve tirar Leonardo Silva do Atlético-MG até 2017

(Foto: Foto: Bruno Cantini/ Clube Atlético Mineiro) - Marcelo lamenta lesão que deve tirar Leonardo Silva do Atlético-MG
(Foto: Foto: Bruno Cantini/ Clube Atlético Mineiro)

Em meio à comemoração pela suada classificação às semifinais do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG teve um baque nesta sexta-feira. O capitão e um dos principais líderes do grupo, Leonardo Silva, foi diagnosticado com uma grave lesão e não deverá mais defender a camisa do clube nesta temporada.

Leonardo Silva se contundiu justamente no confronto diante do Juventude, na última quarta-feira. Somente nesta sexta, no entanto, os resultados dos exames realizados pelo jogador diagnosticaram a grave lesão: uma ruptura do músculo anterior da coxa direita. Como era de se esperar, o técnico Marcelo Oliveira lamentou a contusão.

"É uma peça a menos, um jogador experiente, que vinha bem técnica e fisicamente. É um atleta que exerce uma liderança no grupo e, certamente, irá fazer falta, mas são coisas que acontecem no futebol, frequentemente e especialmente no futebol brasileiro. Vai jogar o Gabriel, que está muito bem, e a gente espera ter um time forte também defensivamente", declarou.

A primeira partida sem Leonardo Silva será neste domingo, quando o Atlético-MG enfrenta o Figueirense, em casa, pelo Campeonato Brasileiro. Gabriel entrará em seu lugar. O restante do time, no entanto, é um mistério. Marcelo optou por não adiantar a escalação e admitiu que pode poupar jogadores visando a semifinal da Copa do Brasil contra o Internacional.

"Com certeza, a gente vai com o que tem de melhor e é possível poupar alguém também. Vamos analisar até amanhã. Normalmente, de hoje para amanhã que bate o cansaço maior, então, a fisiologia e a preparação física vão nos dar um parecer. Nesse momento, precisamos ter a capacidade de administrar isso, sem perder o poder ofensivo. Pode ser que tenhamos que mudar algumas peças, mas estaremos fortes para esse jogo, pensando na quarta-feira também", comentou Marcelo.