Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Meia Luciano Cabral, do Atlético-PR, é preso na Argentina

(Foto: Site Oficial Atlético-PR) - Meia Luciano Cabral, do Atlético-PR, é preso na Argentina
(Foto: Site Oficial Atlético-PR)

O meia Luciano Cabral foi preso pela polícia argentina na cidade de General Alvear, nesta terça-feira (3). O jogador está emprestado pelo Argentinos Juniors ao Atlético-PR. Ele foi detido para prestar esclarecimentos sobre o assassinato a pedradas de um homem de 27 anos no domingo (1º). A prisão foi divulgada pela imprensa da Argentina.

O caso aconteceu enquanto Luciano Cabral estava de férias no país vizinho. A polícia argentina investiga os motivos do homicídio, resultado de uma briga de rua, que pode ter sido originada por uma cobrança de dívida. A vítima era um ex-presidiário.

O pai do atleta está preso por ser suspeito de envolvimento no crime. Ele se apresentou como responsável pela morte. Um adolescente de 17 anos também está sob tutela da Justiça por participar do homicídio.

Luciano Cabral se apresentou à polícia ao lado de seu advogado e foi detido a pedido da Justiça da Argentina. O jogador deve permanecer preso até o cruzamento das informações prestadas por ele e os outros suspeitos do crime.

O atleta, de 21 anos, chegou ao Atlético-PR em julho de 2016. Ele é argentino, naturalizado chileno, e assinou contrato de um ano com o clube. Luciano Cabral foi revelado pelo Argentino Juniors, de Buenos Aires.