Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Na estreia de Vinícius Júnior, Real empata com Atlético no clássico e segue em 2º

Poucas horas depois de o Barcelona ter voltado a tropeçar no Campeonato Espanhol ao empatar por 1 a 1 com o Athletic Bilbao, no Camp Nou, o Real Madrid desperdiçou nova chance de assumir a liderança do Campeonato Espanhol ao ficar no 0 a 0 com o Atlético de Madrid, neste sábado, no clássico realizado no estádio Santiago Bernabéu, que marcou a estreia oficial do brasileiro Vinícius Júnior pelo time dirigido por Julen Lopetegui.

Com o resultado, o Real ficou com os mesmos 14 pontos do Barça, mas segue na vice-liderança por estar em desvantagem pelos critérios de desempate. O resultado também não foi bom para o Atlético, pois o time ficou com 12 pontos e caiu para a quarta posição, com 12 pontos. O time dirigido por Diego Simeone acabou sendo ultrapassado pelo Sevilla, que em outra partida deste sábado derrotou o Eibar por 3 a 1, fora de casa, chegou aos 13 pontos e se garantiu no terceiro posto da tabela, logo atrás dos líderes.

Curiosamente, essa é a segunda rodada consecutiva em que o Real perde uma oportunidade de ultrapassar o Barça. No meio de semana, o time catalão deu vexame ao ser derrotado pelo então lanterna Leganés por 2 a 1, de virada, fora de casa. Pouco depois, o time madrilenho foi para campo e sofreu uma derrota por 3 a 0 para o Sevilla, também como visitante, onde jogava com o objetivo de assumir a primeira posição.

Contratado junto ao Flamengo como nova joia a ser lapidada pelo Real, o brasileiro Vinicius Junior entrou em campo apenas no finalzinho da partida, substituindo Benzema aos 42 minutos do segundo tempo, e assim teve muito pouco tempo para mostrar serviço.

Muito antes da entrada do brasileiro, o Atlético começou a partida melhor e foi em busca do primeiro gol desde o início. E só não abriu o placar por causa de boas defesas do goleiro belga Courtois. A primeira delas já aos 2 minutos em finalização de fora da área do francês Griezmann. E o mesmo atacante desperdiçou grande chance de marcar aos 17, quando arrancou com a bola completamente livre em um contra-ataque, invadiu a grande área e tocou na saída de Courtois, mas parou em nova grande intervenção do goleiro.

O Real, com dificuldades para criar jogadas ofensivas, deu o primeiro susto na zaga adversária aos 20 minutos, após Kroos bater uma falta da direita e ver Gareth Bale completar de primeira, com perigo, à esquerda do gol de Oblak.

O mesmo Bale acabou sendo sacado no intervalo para a entrada do meia Ceballos. E antes do início da etapa final, Varane, Marcelo, Modric e Sergio Ramos exibiram para a torcida troféus que receberam por terem sido eleitos para o time ideal da Fifa, em premiação do início desta semana, em Londres, enquanto Courtois mostrou a taça que recebeu ao ser escolhido como o melhor goleiro da Copa do Mundo de 2018.

A festa para a maior parte dos 78.642 torcedores que foram ao clássico deste sábado, porém, se resumiu apenas a este momento de reconhecimento pelas conquistas individuais destes craques do Real. O jogo seguiu truncado na etapa final e com raras chances de gol. Em duas delas, Asensio, aos 19, e Carvajal, aos 31, pararam em defesas de Oblak.

Ofensivo no primeiro tempo, o Atlético se fechou mais com a saída do atacante Diego Costa para a entrada do volante Thomas, enquanto o meia Modric, eleito o melhor jogador do mundo nesta semana, acabou dando lugar ao atacante Lucas Vázquez pouco depois. Kalinic ainda foi colocado em campo no lugar do volante Rodri como nova esperança de gol do Atlético, mas a partida seguiu amarrada e o placar ficou mesmo no 0 a 0.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo