Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Nenê cogita deixar Vasco para ficar mais perto dos filhos em São Paulo

De olho em um Vasco "mais ousado", a diretoria do time carioca prometeu cinco reforços para o time titular e até mesmo um "presente de Natal" para a torcida neste final de 2016. Ao mesmo tempo, no entanto, a equipe pode perder uma peça importante para 2017: o meia Nenê cogita deixar São Januário.

Mesmo com contrato em vigor, o camisa 10 não esconde das pessoas mais próximas a vontade de atuar em São Paulo. Mas nada de mágoa com o Vasco. A mudança para o outro lado da ponte-aérea tem um motivo específico: ficar mais perto dos filhos -Anderson Leonardo e Anderson Lucas. Os dois moram com a mãe, Priscilla, em Jundiaí (SP) e não passam todo o tempo com o jogador no Rio de Janeiro.

No Rio de Janeiro, Nenê considera que não conseguiu cumprir o principal objetivo de sua volta ao Brasil: se aproximar dos herdeiros.

Em entrevista ao SporTV no início da tarde desta sexta (23), Nenê admitiu que a saudade dos filhos pode tirá-lo do Vasco.

"Tenho contrato e estou feliz no Vasco, mas a gente nunca sabe o que pode acontecer no futebol. Às vezes pensamos uma coisa, mas pode mudar meses depois. Eu realmente vim para o Brasil para ficar mais perto dos meus filhos. Isso poderia ser um dos motivos para que eu aceitasse sair do Vasco. A realidade é essa. Voltei para o Brasil para ficar com meus filhos e, no Rio, não estou conseguindo", disse Nenê.

Ciente do desejo do meia, clubes de São Paulo já chegaram a sondar o atleta. O Santos fez uma consulta informal, mas as conversas ainda não evoluíram. O São Paulo foi outro a se interessar, mas a coisa também não andou, pelo modelo apresentado. Os vascaínos queriam envolver troca de jogadores.

Nenê sabe que deixar o Vasco não seria tarefas das mais fáceis. Além da multa rescisória, o clube carioca não teria a intenção de abrir mão de seu ídolo. Ao mesmo tempo, dirigentes cruzmaltinos já começaram a perceber a vontade de Nenê e cogitam envolver o camisa 10 em uma troca que pudesse levar um reforço de peso para a Colina. Tudo, no entanto, ainda não passou de uma ideia.

Procurado pela reportagem durante o amistoso de Neymar e Robinho na noite da última quinta-feira (22), Nenê foi sucinto e evitou maiores detalhes do assunto: "Não chegou nada para mim".

Com microfones abertos, nada de tocar no assunto. Na resenha com os mais próximos, porém, o assunto voltava à pauta.