Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Nome de Marcelo Oliveira gera rejeição imediata no Corinthians

Menos de 24 horas depois de ser citado como possível técnico do Corinthians, Marcelo Oliveira já viu que não terá vida fácil se acertar com a equipe paulista.

O nome do comandante enfrentou uma grande rejeição entre os conselheiros e diretores corintianos. O presidente Roberto de Andrade já foi bastante criticado apenas por considerá-lo como opção.

O cartola, aliás, volta a ser alvo de muitas críticas por comandar o processo de forma errada segundo seus opositores. Segundo eles, o dirigente deveria ter agido antes caso optasse por mandar Oswaldo embora e poderia ter contratado nomes como Roger Machado, que acertou com o Atlético-MG, e Eduardo Baptista, que fechou com o Palmeiras.

Marcelo é tratado como o plano B caso a diretoria não consiga acertar com o seu favorito: o colombiano Reinaldo Rueda, do Atlético Nacional.

O treinador foi campeão da Copa do Brasil com o Palmeiras e levou o Atlético-MG até a final, mas não causou boa impressão no Corinthians.

Segundo os críticos, ele sofre muito para organizar um time taticamente e terá ainda mais dificuldades de trabalhar em um clube que trocou de técnico diversas vezes no segundo semestre deste ano.

A sombra de substituir Tite ainda assusta o Conselho corintiano. Depois de o técnico deixar a equipe para ir à seleção, o banco alvinegro já teve a presença de Oswaldo de Oliveira, Fábio Carille e Cristóvão Borges.