Operário lamenta morte de Otavinho, ex-ponta esquerda

O ex-ponta esquerda do Operário Ferroviário, Otávio de Paula Nascimento, conhecido como Otavinho, morreu nesta terça-feira (18) em sua casa, em Curitiba.

Foto: Reprodução/UEL

Otavinho, em 1956, foi para o Exército, porém, como amante do futebol, fez testes no Alvinegro de Vila Oficinas. Após ser integrado ao elenco, estreou contra o Guarani-PR, no maior clássico da cidade. “A torcida era sensacional”, disse o atleta para a Universidade Estadual de Londrina (UEL), onde foi docente como profissional de Educação Física após aposentar-se dos gramados.

Com as cores alvinegras atuou até 1963. Fez parte do extraordinário elenco de 1961, sendo campeão Paranaense da Zona Sul. Também jogou o Primeiro Campeonato Sul Brasileiro de clubes campeões estaduais e fez parte de várias seleções dos melhores do estado.

“Otavinho destacava-se pela velocidade e o drible. Era fantástico, único, dava muito trabalho aos adversários. Além disso, tinha lançamentos perfeitos e era completamente dedicado. Extremamente disciplinado, brincalhão e respeitador, era querido por todos aqueles que o rodeavam. Certamente, o nosso grande ídolo, deixará muitas saudades”, destaca o comunicado oficial emitido pela assessoria de imprensa do Fantasma.

O corpo de Otavinho foi sepultado nesta quarta-feira (19) no Cemitério Municipal de Campo Largo.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa