Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Operário vai atrás de jogadores com “perfil de Série D” para compor elenco

Uma semana depois da reapresentação e de treinamentos, o técnico Gerson Gusmão pode avaliar o desempenho físico de seus atletas em um treino com bola na preparação do Operário para a disputa da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense. A competição só começa no dia 19 de março e o treinador garante que aprovou a fórmula de disputa do torneio.

“Gostei da tabela, com sinceridade, agora se ela vai ser boa ou não, só os resultados que vão nos dizer”, avalia Gersinho. “Para a tabela se concretizar boa, nós temos que fazer a nossa parte e buscar os resultados, aí sim ela vai ser realmente boa”.

Na primeira fase, que será de turno único entre as dez equipes, o Operário irá jogar cinco partidas dentro do Germano Krüger. “Eu entendo que ficou adequado e, naturalmente, com uma equipe que veio da primeira divisão, tanto nós quanto o Maringá teríamos que jogar um jogo a mais [em casa] por causa do ranqueamento”, explica o treinador. “No ano que vem, quando nós retornarmos [à Primeira Divisão], aposto que o Operário vai jogar um jogo a menos em casa, acho que seria justo também”, completa.

O técnico ressaltou que o elenco para o Paranaense já está formado e que os reforços que devem se apresentar em Vila Oficinas são pensados para a Série D do Campeonato Brasileiro, que começa no segundo semestre. “Todos os atletas que chegarão aqui a partir de agora, em 2017, virão já com o pensamento para a Série D […]. São atletas com experiência, atletas que já vivenciaram competições semelhantes, difíceis, a nível nacional”, destaca.

A exceção neste “perfil de jogador da Série D”, como classificou Gersinho, está no gol. Com Simão e Ravel, o treinador vai dar chances aos dois durante toda a segunda divisão e, após o fim do campeonato, será avaliada a necessidade de contratar um goleiro mais experiente para a competição nacional. “Acredito que não [terá contratação de goleiros], tenho total confiança no Simão e pelo que já percebi do Ravel, também, a gente espera que eles deem sequência com naturalidade e a gente não precise investir nessa posição”.

Regulamento

A Divisão de Acesso será disputada em três fases neste ano. Na primeira delas, todos os times se enfrentam em turno único. Os dois piores caem para a Terceira Divisão e os oito melhores passam para a segunda fase. Eles serão divididos em dois grupos e, dentro de cada um, todos jogam contra todos em turno e returno. O melhor time de cada grupo garante automaticamente a vaga na elite do Paranaense e também disputa o título da Segundona em dois jogos.

A segunda fase está prevista para acontecer entre os dias 23 de abril e 28 de maio, com os jogos da final marcados para 4 e 11 de junho.

Tabela do Operário:

  • 19/03 (dom) – Operário x Apucarana Sports
  • 22/03 (qua) – Andraus Brasil x Operário
  • 26/03 (dom) – Grêmio Maringá x Operário
  • 29/03 (qua) – Operário x União
  • 02/04 (dom) – Operário x Cascavel
  • 05/04 (qua) – Portuguesa Londrinense x Operário
  • 08/04 (sáb) – Maringá FC x Operário
  • 12/04 (qua) – Operário x Iraty
  • 16/04 (dom) – Operário x Paranavaí

Colaboração Cândido Neto / Rede Massa.