Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Paraná desencanta no segundo tempo e atropela o Náutico na Vila

(Foto: Arquivo/Robson Mafra/Paraná Clube) - Paraná desencanta no segundo tempo e atropela o Náutico na Vila
(Foto: Arquivo/Robson Mafra/Paraná Clube)

O Náutico marcou, dificultou, mas não evitou a superioridade do Paraná, que não conseguiu marcar na primeira etapa, mas foi fulminante na segunda e goleou o Timbu por 3 a 0, se garantindo na terceira posição da Série B do Campeonato Brasileiro e abrindo vantagem para os times que estão fora do grupo do acesso.

Com a vitória, o Tricolor conquistou o quinto triunfo consecutivo e chegou aos 46 pontos na competição.

Náutico assusta, Paraná tenta e zero não sai do placar

O Paraná viu o Náutico ficar com os 11 jogadores atrás do meio-campo quase que os 45 minutos, se não fossem as duas chances do Timbu, que foi perigoso logo no primeiro minuto e depois com Henrique Ávila.

O time paranista tentava chegar com toques rápidos e Gabriel Dias quase fez um gol de letra, após cruzamento de Cristovam, mas o goleiro Jeferson defendeu.

Logo depois, Renatinho fez boa jogada e chutou forte, mas a bola foi por cima do gol.

O camisa 11 João Pedro também tentou, mas no chute forte, a bola passou à esquerda e tirou o ‘uhh’ da torcida.

O Paraná dominava as ações, mas a zaga do Timbu conseguiu evitar o gol na primeira etapa.

Paraná mostra a força da Vila e goleia

Se no primeiro tempo a zaga do Náutico conseguiu segurar o ímpeto do ataque paranista, na segunda etapa foi necessário apenas um minuto para o Paraná mostrar os motivos de estar brigando pelo acesso. Após cruzamento de João Pedro da direita, Alemão se antecipou da marcação e bateu de primeira, abrindo o marcador na Vila Capanema.

O Timbu teve que mudar a postura e tentar atacar, mas aí o Paraná foi cirúrgico. Aos 10 minutos, João Pedro cobrou escanteio e Iago Maidana cabeceou para marcar o segundo gol Tricolor.

Aos 23, Robson fez bela jogada, tirou três jogadores, deslocou o goleiro e marcou um belo gol.

Aí a festa foi completa. Com o placar resolvido e o Náutico sem força para tentar uma reação, o Paraná trocava passes e segurava o jogo no ataque adversário e o goleiro Richard praticamente era um espectador do jogo.

Ao final, festa na Vila Capanema e o Paraná seguindo na briga pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ CLUBE 3 X 0 NÁUTICO

Paraná: Richard; Cristovam, Eduardo Brock, Iago Maidana e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias, Renatinho (Jhonny Lucas) e João Pedro (Giovanny); Vitor Feijão (Robson) e Alemão.
Técnico: Matheus Costa

Náutico: Jeferson; Sueliton, Rafael Ribeiro, Feliphe Gabriel e Manoel (Rafael Oliveira); Amaral, Giovani (Jobson), Diego Miranda e Henrique Ávila; Dico (Rafinha) e Iago.
Técnico: Roberto Fernandes

Local: Vila Capanema, em Curitiba/PR
Data: 26/09/2017
Hora: 20h30
Público e renda: 9.712 pagantes/9.805 total/R$ 239.405,00.
Gols: Alemão aos 1', Maidana aos 10' e Robson aos 23' do 2º tempo para o Paraná
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Luciano Benevides de Sousa (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF)

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo