Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Plzen ganha e classifica Real e Roma na Liga dos Campeões; Ajax vence e avança

Real Madrid e Roma entraram em campo nesta terça-feira, no estádio Olímpico, em Roma, já classificados antecipadamente às oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. E os dois times têm que agradecer a ajuda do Viktoria Plzen, que foi à Rússia e derrotou de virada o CSKA Moscou por 2 a 1, no estádio Luzhniki, em Moscou, pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos.

Com a vitória do time da República Checa - gols de Roman Prochazka e Lukas Hejda; Nikola Vlasic havia aberto o placar -, o Grupo G teve definidos os seus dois classificados. Antes de se enfrentarem na Itália, Real Madrid e Roma dividiam a liderança com nove pontos. Com os três que conquistou na Rússia, o Viktoria Plzen chegou a quatro e se igualou ao CSKA Moscou. No entanto, ambos só terão mais uma partida a fazer nesta fase.

Na sexta rodada, marcada para o dia 12 de dezembro, a briga de checos e russos será pelo terceiro lugar, que vale vaga na fase eliminatória da Liga Europa. Como primeiro critério de desempate é o confronto direto, o Viktoria Plzen tem a vantagem se os dois terminarem empatados na pontuação - em casa, havia ficado no empate por 2 a 2 contra o CSKA Moscou. Enfrentará a Roma, em casa, enquanto que o time da Rússia jogará contra o Real Madrid, na Espanha.

Em outro jogo desta terça-feira, o Ajax obteve a sua classificação antecipada às oitavas de final ao derrotar o AEK Atenas por 2 a 0, no estádio Oaca Spiros Louis (antigo) Olímpico, na capital da Grécia. O time holandês, que contou com boa atuação do atacante brasileiro David Neres (ex-São Paulo), chegou a 11 pontos no Grupo E e não pode mais ser alcançado pelo Benfica, que é o terceiro colocado com 4 e encara o Bayern de Munique, na Alemanha.

Em campo, o Ajax foi muito superior, mas os gols só saíram no segundo tempo, depois que o AEK Atenas ficou com um jogador a menos - Marko Livaja foi expulso ao cometer um pênalti aos 22 minutos. Na sequência, o meia Dusan Tadic cobrou no meio do gol e abriu o placar. Pouco depois, aos 26, o mesmo Tadic aproveitou boa jogada de David Neres e fez o segundo.

A nota triste ficou por conta do comportamento das duas torcidas com uma briga nas arquibancadas. Antes de a bola rolar, os torcedores ultras (organizados) do AEK Atenas lançaram artefatos explosivos sobre a área reservada para os holandeses, que tentaram se dispersar ou revidar as agressões sofridas. A polícia precisou intervir. Algumas pessoas tiveram ferimentos, inclusive no rosto.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo