Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Por mais tempo de jogo, Allione admite até deixar o Palmeiras em 2017

Tratado como revelação na chegada e apontado como um dos vilões na eliminação do Palmeiras na Copa do Brasil deste ano. Com pouco tempo de jogo na conquista do Campeonato Brasileiro, Agustín Allione quer mais para 2017. O argentino espera, na próxima temporada, uma continuidade não encontrada durante a Era Cuca.

Em entrevista à reportagem, o meia-atacante admite a frustração por jogar pouco nesta temporada. Sair do Palmeiras para jogar mais é uma possibilidade, já que o próprio atleta convive com sondagens de outros clubes enquanto aproveita as férias na Argentina.

"A gente recebeu alguma oferta, mas não gosto de falar enquanto não estiver nada concreto. Para mim, por respeito ao clube e ao Palmeiras, ainda estou vendo o que será melhor para todos", contou, em entrevista concedida por telefone.

O nome do Allione deve agitar o mercado nas próximas semanas, especialmente depois desta sexta-feira, quando Maurício Galiotte assumirá a presidência palmeirense e o comando das operações do atual campeão brasileiro para o ano que vem.

Se depender de Allione, uma transferência para outro clube brasileiro é bem vista. Desde que atenda às necessidades do clube e do jogador, que quer, enfim, uma sequência longa de jogos, o meia argentino se mostra interessado.

"Acho que não [problema por atuar em outro clube no Brasil]. Tem times que sabemos a rivalidade com o Palmeiras, que a gente tenta evitar. Porém, há clubes que o Palmeiras poderia concordar com isso e eu também. Jogaria em outro time do Brasil", completou.