Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Por salários atrasados, STJD pode tirar pontos do Santa Cruz no Brasileirão

A desesperadora situação do Santa Cruz no Campeonato Brasileiro pode ficar ainda pior. Isso porque o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) revelou nesta sexta-feira ter sido notificado pela Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf) sobre os salários atrasados do clube e admitiu a possibilidade de lhe tirar pontos dos pernambucanos na competição.

De acordo com o comunicado do STJD, a Fenapaf entrou na última sexta-feira com uma nota de infração contra o Santa Cruz por atraso salarial dos jogadores e dos funcionários do clube. "Recebida a nota, o Presidente do STJD do Futebol, Ronaldo Botelho Piacente, abriu vista para o Santa Cruz se manifestar no prazo de até três dias", explicou.

Com isso, o Santa Cruz precisa se manifestar rapidamente e se o STJD julgar que o clube é passível de punição, pode lhe tirar três pontos por cada partida durante o período de inadimplência, de acordo com o Regulamento Geral das Competições (RGC) e o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

"O clube que, por período igual ou superior a 30 (trinta) dias, estiver em atraso com o pagamento de remuneração, devida única e exclusivamente durante a competição, conforme pactuado em Contrato Especial de Trabalho Desportivo, a atleta profissional registrado, ficará sujeito à perda de 3 (três) pontos por partida a ser disputada, depois de reconhecida a mora e o inadimplemento por decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD)", diz o artigo 18 do Regulamento Específico da Competição.

Segundo a notificação da Fenapaf, o elenco de jogadores do Santa Cruz ainda não recebeu os salários de agosto, setembro e outubro. Em relação aos funcionários, o período de inadimplência é ainda maior e chegou ao quarto mês. Se for definida a perda de pontos da equipe, isto poderá decretar seu rebaixamento no Brasileirão, uma vez que ela já ocupa a penúltima colocação da competição, com somente 23 pontos em 32 jogos.