Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Porto derrota o Brugge em casa e se aproxima do líder Leicester City no Grupo G

- Porto derrota o Brugge em casa e se aproxima do líder Leicester City

Depois de começar a Liga dos Campeões da Europa com dois péssimos resultados, o Porto mostrou poder de recuperação e agora está em boa situação no Grupo G da competição. Nesta quarta-feira, em sua casa, o estádio do Dragão, na Cidade do Porto, o clube português derrotou o Brugge, da Bélgica, por 1 a 0, e assumiu a segunda colocação. Melhor ainda, se aproximou do líder Leicester City, o atual campeão inglês, que foi à Dinamarca e empatou sem gols com o Copenhague.

Com os resultados desta quarta-feira, o Leicester City perdeu os 100% de aproveitamento na Liga dos Campeões, mas ainda lidera o grupo com 10 pontos. O Porto subiu para sete e o Copenhague caiu para o terceiro lugar, com cinco. O Brugge, lanterna e já sem chances de classificação às oitavas de final, ainda não pontuou.

Na próxima rodada, a quinta, marcada para o próximo dia 22, o Leicester City tem tudo para garantir a classificação, já que receberá o Brugge, na Inglaterra. Na Dinamarca, o Copenhague jogará um confronto direto contra o Porto. Os dois primeiros colocados avançarão às oitavas de final e o terceiro terá que se contentar com a Liga Europa.

Em Portugal, o Porto jogou para o gasto para bater o Brugge. Criou chances, a maior parte delas no primeiro tempo, e foi premiado com o gol do atacante Andre Silva, aos 37 minutos. Após escanteio da esquerda, o jogador português cabeceou e, com um desvio no zagueiro rival, a bola encobriu o goleiro Ludovic Butelle e entrou no canto esquerdo.

Já na Dinamarca, o Leicester City tem de agradecer ao seu goleiro Kasper Schmeichel pelo empate sem gols. O Copenhague teve mais presença no ataque e criou algumas oportunidades de gol. Na melhor delas, aos 45 minutos do segundo tempo, o atacante Andreas Cornelius cabeceou com força e o arqueiro dinamarquês fez uma grande defesa.