Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Presidente do Conselho Deliberativo assume a presidência da Chapecoense

(Foto: Divulgação Chapecoense) - Presidente do Conselho Deliberativo assume a presidência da Chape
(Foto: Divulgação Chapecoense)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Presidente do Conselho Deliberativo da Chapecoense, Plínio David de Nês, o Maninho, foi eleito por aclamação o novo presidente do clube catarinense para o próximo biênio.

Ele substituirá Sandro Pallaoro, morto no acidente aéreo do último dia 29 na região de Medellín. O acidente vitimou 71 pessoas, incluindo 19 jogadores e 24 membros da delegação.

Ivan Tozzo, que foi presidente interino neste período, continuará como vice-presidente do clube.

Ele não quis continuar como mandatário porque não tinha disponibilidade de horários em virtude do trabalho. O dirigente, que já patrocinou o clube em diversas oportunidades, é proprietário de um grupo de concessionárias especializadas em revenda de automóveis e do Grupo Tozzo, empresa de atacado distribuidor no ramo de alimentos, bebidas, higiene pessoal cerealista e agropecuária.

Já o novo presidente do Conselho Deliberativo será Gilson Vivian.

A eleição estava marcada para o dia 14 de dezembro com uma única chapa inscrita, que tinha Sandro Pallaoro como candidato. Com a tragédia, o clube adiou o processo e prorrogou o prazo para inscrições de novas chapas.