Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Primeiro sobrevivente a voltar ao Brasil, Follmann deixa a Colômbia

- Primeiro sobrevivente a voltar ao Brasil, Follmann deixa a Colômbia

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O goleiro Jackson Follmann é o primeiro dos sobreviventes brasileiros da tragédia da Chapecoense a retornar ao país. Nesta segunda-feira (12), o jogador embarcou no aeroporto de Medellín, localizado na cidade de Rio Negro, na Colômbia, rumo ao Brasil.

Em entrevista ao SporTV, Francisco Souto, médico chefe da aeronave que trará o jogador de volta ao Brasil, afirmou que ele deveria chegar entre meia-noite e uma da manhã de terça-feira (13) a São Paulo. O voo, no entanto, teve um pequeno atraso na saída, o que deve fazer com que o avião chegue mais tarde do que o programado.

Souto ainda disse que o voo fará uma escala em Manaus para abastecimento e regularização antes de seguir direto para a capital paulista, onde o goleiro será internado no hospital Albert Einstein.

Já o lateral esquerdo Alan Ruschel, 27, e o jornalista Rafael Henzel devem chegar ao Brasil na terça-feira. O avião da FAB que vai transportar o lateral e o jornalista chegam a Medellín na segunda-feira. Ruschel e Henzel vão direto para Chapecó.

Follmann, Ruschel, Henzel e Neto foram os quatro brasileiros que se salvaram com vida do acidente aéreo que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, onde o clube disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana. No total, 71 pessoas morreram, incluindo 19 jogadores e 24 membros da delegação da equipe catarinense.