Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Rafinha marca, Barcelona bate lanterna e segue na caça ao líder Real Madrid

- Rafinha marca, Barcelona bate lanterna e segue na caça ao líder Real

Com um gol do meia brasileiro Rafinha, o Barcelona venceu o Granada por 1 a 0, neste sábado, no estádio Camp Nou, em Barcelona, e se manteve na segunda colocação do Campeonato Espanhol, dois pontos atrás do Real Madrid. O time catalão tem 22 contra 24 da equipe da capital espanhola.

Apesar do placar magro, o Barcelona dominou a partida e só não conseguiu ampliar o resultado por conta da boa atuação do veterano goleiro mexicano Guillermo Ochoa, de 31 anos. No segundo tempo, ele pegou um chute de Neymar cara a cara e um cabeceio de Luis Suárez à queima-roupa.

Os anfitriões também pouparam esforços na partida por conta do duelo de meio de semana da Liga dos Campeões da Europa. Com o adversário sem poder de reação, a equipe catalã pode se dar ao luxo de ver Messi atuar abaixo da média, assim como seus dois companheiros de ataque.

Nesta terça-feira, o Barcelona visita o Manchester City em partida válida pela quarta rodada do Grupo C. A equipe espanhola lidera a chave com nove pontos e os ingleses aparecem na segunda colocação com quatro. Pelo Campeonato Espanhol, a equipe de Neymar visita o Sevilla no próximo dia 6, um domingo. O Granada, lanterna da competição, recebe o La Coruña um dia antes.

O gol da partida saiu aos quatro minutos do segundo tempo. Após cruzamento rasteiro da direita, Messi escorou para Neymar na esquerda. O brasileiro chutou cruzado e acertou a trave. Na sobra, Rafinha acertou uma meia bicicleta e garantiu a vitória.

Em outro duelo deste sábado, o Atlético de Madrid venceu o Málaga por 4 a 2, em casa, e subiu para a terceira colocação do Campeonato Espanhol, com 21 pontos. Os visitantes estão na 11.ª posição com 12. Os destaques da partida foram Ferreira-Carrasco e Gameiro, com dois gols cada um. Ramirez e Camacho descontaram para o Málaga.