Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Reserva na Roma, Alisson celebra confiança de Tite e exalta papel de Taffarel

O início de trajetória com a camisa da Roma não está sendo como Alisson esperava. O brasileiro tem sofrido com a falta de espaço e nas poucas oportunidades que teve como titular, falhou. Com a seleção brasileira, no entanto, a história é outra. Titular da equipe de Tite, ele tem crescido de produção e inclusive se destacou no 3 a 0 sobre a Argentina, na quinta-feira, com uma linda defesa no chute de Biglia, quando o placar ainda estava zerado.

"A confiança é importante para mim, para toda a equipe, e para quem nos acompanha. Hoje o futebol se baseia muito em números, em resultados, então os números estão a nosso favor, tanto no setor ofensivo como no defensivo. A gente tem que trabalhar da mesma maneira que viemos trabalhando. Isso é um mérito nosso, do Tite, que vem nos ajudando muito", declarou.

Apesar de celebrar o momento com a seleção, o ex-goleiro do Internacional não escondeu a decepção com seu início na Roma. "Gostaria de jogar todas as partidas, pode ter certeza disso. Estou trabalhando e dando meu máximo nos poucos que estou jogando. No dia a dia dos treinamentos, também venho me dedicando ao máximo para não estar com falta de ritmo quando chegar aqui. Acredito que não venha sendo um problema para mim."

E para superar este momento em seu clube, Alisson tem conversado bastante com Taffarel. A experiência do tetracampeão mundial está o ajudando, até porque o preparador de goleiros da seleção brasileira viveu situação semelhante. No início da década de 90, não conseguiu seu espaço no Parma, onde era reserva, mas ainda assim manteve a condição de titular na seleção de Carlos Alberto Parreira.

"A gente conversa sobre isso, mas ele sempre vem falando para eu ficar tranquilo, fazer meu trabalho, me dedicar aos treinamentos, que é quando vou suprir essa ausência de jogos. Ele passou por isso, não tem ninguém melhor para falar dessa situação para mim do que ele. É uma pessoa que vem me ajudando bastante", afirmou.

Alisson será novamente titular da seleção diante do Peru, à 0h15 de terça para quarta-feira, em Lima, pelas Eliminatórias. Ele treinou normalmente neste domingo, na cidade do Galo, em atividade que confirmou a entrada de Filipe Luís na vaga do suspenso Marcelo. O restante da equipe será o mesmo que venceu a Argentina.