Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Santos pega pênalti nos acréscimos e Atlético empata com o Fluminense

(Foto: Marco Oliveira/Site Oficial) - Santos pega pênalti nos acréscimos e Atlético empata com o Fluminense
(Foto: Marco Oliveira/Site Oficial)

O Atlético segue sem vencer fora de casa, mas o empate na tarde desta terça-feira (15) foi comemorado pelos jogadores já que o goleiro Santos defendeu um pênalti aos 45 minutos do segundo tempo e garantiu pelo menos um ponto para o time Rubro-Negro contra o Fluminense na abertura da 35ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com o empate em 1 a 1, o Atlético chegou aos 52 pontos e aguarda a rodada para saber se permanece no G6.

Atlético joga melhor, mas Fluminense sai na frente

O Atlético começou a partida levando pressão do time carioca, mas logo igualou as ações e até assustou em uma cobrança de falta de Hernani aos sete minutos de partida. O jogo era de muita marcação de ambas as equipes e as defesas seguiam seguras.

O jogo ficou ‘morno’ e o Fluminense deu logo jeito de esquentar novamente. Aos 28 minutos, Gustavo Scarpa recebeu na direita e cruzou, com precisão, na cabeça de Cícero que desviou e abriu o marcador no Maracanã.

Logo depois, aos 33, Gustavo Scarpa recebeu livre pelo meio e arriscou, para boa defesa de Santos.

O Atlético assustou aos 43 minutos e novamente com Hernani. O volante cobrou falta de longe e Júlio César acompanhou a bola, que saiu à esquerda do gol.

Na saída para o vestiário, o atacante Pablo falou sobre a postura da equipe. “Nós sabíamos que essa jogada do gol podia acontecer. Temos que caprichar para fazer o gol”.

Atlético pressiona, empata e Santos salva nos acréscimos

O time atleticano voltou para o segundo tempo sabendo que precisava pressionar para reverter o placar, mas levou um susto aos seis minutos. Wellington recebeu pelo lado esquerdo e bateu cruzado, mas a bola passou ao lado do gol de Santos.

O Atlético melhorou e quase empatou aos 13. Lucho González tocou para André Lima, que dominou no peito e girou batendo de primeira, exigindo grande defesa de Júlio César.

Dois minutos depois, Lucas Fernandes foi derrubado por William Matheus dentro da área e o juiz marcou a penalidade. Na cobrança, Hernani bateu no canto e empatou a partida.

O jogo ganhou em movimentação, mas ninguém conseguia levar perigo aos goleiros.

Já no final da partida, Paulo André vacilou e derrubou Richarlison dentro da área, pênalti para o Fluminense. Na cobrança, Gustavo Scarpa bateu no meio e Santos defendeu com os pés, salvando o time atleticano no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 1 ATLÉTICO

Fluminense: Júlio César; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Edson (Osvaldo), Marquinho (Richarlison), Cícero (Douglas) e Gustavo Scarpa; Wellington.
Técnico: Marcão

Atlético: Santos; Léo (Rafael Galhardo), Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio, Hernani, Lucho González (Nikão) e Lucas Fernandes (Marcos Guilherme); Pablo e André Lima.
Técnico: Paulo Autuori

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro/RJ
Data: 15/11/2016
Hora: 17h (horário de Brasília)
Público/Renda: 39.877 pagantes / 43.691 total / R$ 655.290,00
Gols: 
Cícero aos 28 minutos do 1º tempo para o Fluminense; Hernani aos 16 minutos do 2º tempo para o Atlético.
Cartões amarelos: 
Wellington Silva, Pierre e Wellington (Fluminense); Nicolas, Otávio e Paulo André (Atlético).
Cartão vermelho: 
não houve.
Árbitro: 
Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: 
Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Herman Brumel Vani (SP)