Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

São Paulo ganha de virada do Atlético-MG, mas Renan Ribeiro sai machucado

São Paulo ganha do Atlético-MG, mas Renan Ribeiro sai machucado

Renan Ribeiro ganhou sua chance de fazer o terceiro jogo no ano, justamente no final da temporada, para mostrar se tinha condições de permanecer no São Paulo. O goleiro falhou no gol do Atlético-MG e saiu machucado antes do intervalo, mesmo assim o time virou e fez 2 a 1, neste domingo, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o goleiro de titular e com o criticado Denis no banco, o interino Pintado (Rogério Ceni assumirá o comando da equipe em janeiro) não mexeu em quase nada na escalação que Ricardo Gomes vinha usando - João Schmidt, suspenso, deu lugar a Wellington. E como enfrentava um adversário formado praticamente por reservas, com exceção de Fred, o São Paulo partiu para cima desde o início.

A situação poderia ter sido melhor caso o juiz Dewson Freitas da Silva marcasse um pênalti claro logo aos 5 minutos, quando Patric tocou com o braço na bola dentro da área. Mas, ao mesmo tempo que atacante, o time paulista dava espaços e sofria com a velocidade de Hyuri e Clayton na frente.

Aos 22, em um lançamento na área, Renan Ribeiro saiu mal do gol, Maicon ficou olhando e Hyuri marcou, de cabeça, abrindo o placar. Só que o São Paulo reagiu dois minutos depois, em uma linda cobrança de falta de Maicon. "Fico feliz pela cobrança. Conseguimos o empate e fizemos o gol na hora certa", disse o zagueiro.

Com a igualdade, o São Paulo se manteve mais eficiente e perdeu duas boas chances, com Chavez e Luiz Araújo. Só que no final da etapa, numa cabeçada de Fred em impedimento, Renan Ribeiro teve uma luxação no dedo, o médico tentou colocar o osso no lugar, mas não deu certo. O goleiro queria continuar, mas teve de ser substituído para a entrada de Denis.

Na etapa final, o São Paulo continuou desperdiçando boas chances. A melhor foi com Chavez, que mandou a bola no travessão após cruzamento de Luiz Araújo. Gilberto também recebeu um bom passe, mas perdeu o tempo da bola e não conseguiu concluir com força. Atrás, Denis mostrava segurança e evitava as jogadas perigosas do Atlético-MG.

E no final da partida, nos acréscimos, em um contra-ataque rápido, Cueva tocou para Robson na ponta, ele cruzou na medida para Gilberto, que tocou para o fundo do gol e garantiu a vitória do São Paulo em Belo Horizonte. "Venho trabalhando para melhorar e estou muito feliz pelo gol, meu primeiro aqui", afirmou Gilberto.

O resultado fez o São Paulo chegar aos 49 pontos na segunda metade da tabela, enquanto o Atlético-MG, quarto colocado, estacionou nos 62 antes de tentar buscar na quarta-feira, contra o Grêmio, em Porto Alegre, o título da Copa do Brasil após ter sido derrotado por 3 a 1 no confronto de ida da decisão, no Mineirão. Já o time do Morumbi fechará a sua campanha no Brasileirão em casa, no próximo domingo, contra o Santa Cruz.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 1 x 2 SÃO PAULO

ATLÉTICO-MG - Giovanni; Patric, Edcarlos, Jesiel e Leonan; Rafael Carioca, Lucas Cândido, Carlos Eduardo (Marcos Rocha), Clayton e Hyuri (Capixaba); Fred (Thalis).

Técnico: Diogo Giacomini.

SÃO PAULO - Renan Ribeiro (Denis); Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Wellington, Thiago Mendes e Cueva; David Neres (Robson), Chavez (Gilberto) e Luiz Araújo. Técnico: Pintado (interino).

GOLS - Hyuri, aos 22, e Maicon, aos 24 minutos do primeiro tempo; Gilberto, aos 45 do segundo.

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

CARTÕES AMARELOS - Patric, Wellington, Cueva, Mena, Buffarini e Thiago Mendes.

PÚBLICO - 8.901 pagantes.

RENDA - R$ 88.195,00.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).