Seleção Feminina enfrenta a Dinamarca em Copenhague

Hoje tem Brasil em campo! Nesta sexta-feira (24), a Seleção Brasileira Feminina encara a Dinamarca em mais um teste da Data FIFA de junho. A bola rola no Estádio Parken, em Copenhaguen (DIN), às 14h (Horário de Brasília.

Com objetivos semelhantes, as duas seleções priorizam a preparação para as futuras competições continentais. Pelo lado brasileiro, a técnica Pia Sundhage foca na preparação para a Copa América Feminina. O torneio é classificatória para a Copa do Mundo FIFA 2023 e para os Jogos Olímpicos de Paris 2024. Já pelo lado dinamarquês, a seleção se prepara para a disputa da EURO 2022, também no próximo mês.

Na coletiva de imprensa pré-jogo, a técnica Pia Sundhage destacou o estilo de jogo dinamarquês e confessou que espera tirar algumas respostas após o duelo desta sexta.

“Não sabemos se elas jogarão com três ou quatro atletas no setor defensivo. A Dinamarca tem um lado esquerdo que é realmente muito bom. Temos que preparar o time para enfrentar um adversário assim. A chave para fazermos uma boa partida é estarmos compactas. Temos que estar preparadas para todos os cenários, por isso é tão importante jogarmos contra diferentes equipes e, principalmente, as de alto nível. Será um bom desafio para nós”, pontuou Pia.

Além de mais um teste para as duas seleções, o jogo guardará um feito inédito. Pela primeira vez, a Seleção Feminina da Dinamarca atuará no Estádio Parken. O campo acostumado a receber os jogos da equipe masculina, desta vez, marcará a estreia das mulheres. Os torcedores compraram a ideia e prometem lotar o estádio. Até o momento, cerca de 22 mil ingressos já foram vendidos aos espectadores, um recorde em relação aos jogos da  equipe feminina. A última marca foi atingida em 2006 com a presença de 9.700 pessoas no jogo entre dinamarquesas e finlandesas pelas eliminatórias da Copa do Mundo Feminina 2007. 

Informações da CBF