Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sem espaço no São Paulo, Carlinhos procura equipe para jogar em 2017

Carlinhos não deve seguir no São Paulo. Apesar de não ter rescindido oficialmente seu contrato com o clube, o lateral esquerdo não está nos planos do técnico Rogério Ceni para o próximo ano.

Porém, o futuro do jogador, de 29 anos, ainda não está traçado. Por enquanto, não surgiram propostas oficiais para o ala.

"Estamos trabalhando para encontrar um clube para ele", disse o ex-jogador Luizão, que é o agente do lateral.

Ainda neste ano, o Fluminense demonstrou algum interesse em tentar contratar o lateral, que jogou no time carioca entre 2010 e 2014. No entanto, a negociação não teve sequência.

Carlinhos não tem um custo benefício avaliado como positivo pelo clube paulista. O salário dele era um dos mais altos do elenco e ele não foi muitas vezes aproveitado pelos treinadores.

Desde que chegou ao São Paulo, em 2015, ele disputou 62 partidas e marcou dois gols. Apesar de ser considerado um jogador habilidoso pela diretoria, Carlinhos deixou de entrar em campo muitas vezes por conta de lesões.

O jogador também foi alvo de críticas da torcida. Na invasão de integrantes das organizadas no CT da Barra Funda, no dia 27 de agosto, ele foi vítima de agressão.

Na partida contra o Grêmio, no Morumbi, no dia 17 de novembro, o lateral substitui Luiz Araújo e ouviu o público vaiar toda vez que encostou na bola.

Aliás, o fato de Carlinhos ter entrado neste jogo acelerou o processo de saída do técnico Ricardo Gomes. Na ocasião, o lateral estava perto de um acerto com outro clube e essa pressão da torcida fez os interessados quererem barganhar.