Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sem Neymar e mais 6, Brasil faz 1º treino em BH e tem Taffarel e Tite ovacionados

(Foto: Lucas Figueiredo / CBF) - Sem Neymar e mais 6, Brasil faz 1º treino em BH
(Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

Um público animado, mas em número bem abaixo dos oito mil torcedores que se projetava, acompanhou o primeiro treino da seleção brasileira em Belo Horizonte visando o confronto diante da Argentina, quinta-feira, às 21h45, no Mineirão, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. Ainda sem poder contar com sete jogadores, entre eles o atacante Neymar, Tite comandou uma atividade leve por duas horas.

Apenas 16, dos 23 jogadores convocados, estiveram no estádio Independência, local do treino. Thiago Silva, (PSG), Miranda (Inter de Milão), Marquinhos (PSG), Daniel Alves (Juventus) e Alisson (Roma) chegaram à capital mineira apenas no fim da tarde e não puderam participar. Neymar e Giuliano chegam na manhã desta terça-feira.

Com a ausência da principal estrela da seleção, o público se dividiu no apoio aos jogadores. Mas os mais ovacionados foram membros da comissão técnica. Primeiro, o preparador de goleiros Taffarel, tetracampeão mundial em 1994 e ex-goleiro do Atlético-MG, teve seu nome gritado enquanto treinava com o goleiro Weverton. No fim, Tite teve seu nome gritado em uníssono.

O acesso da torcida só foi liberado na última hora de treino. Antes, Tite conversou com os jogadores por cerca de cinco minutos e depois deixou os atletas a cargo dos auxiliares. Os jogadores foram divididos em grupos - alguns correram em torno do gramado e outros fizeram atividades de trocas de passes. Depois, o auxiliar Cleber Xavier comandou treino de meio-campo de oito contra oito.