Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sevilla sofre gol relâmpago, mas vira no fim e se aproxima dos líderes

O Sevilla sofreu neste sábado, mas venceu o Deportivo La Coruña na abertura da 12.ª rodada do Campeonato Espanhol e deu passo importante para seguir na luta pelo título. Fora de casa, a equipe sofreu um gol relâmpago, esteve atrás no placar em boa parte do confronto, mas marcou duas vezes nos minutos finais para triunfar por 3 a 2.

O resultado levou o Sevilla a 24 pontos, na terceira colocação provisória, atrás somente de Real Madrid (27) e Barcelona (25), que ainda atuam na rodada. Na terça-feira, a equipe volta suas atenções para a Liga dos Campeões, pela qual encara a Juventus em casa.

O La Coruña, por sua vez, segue em péssima fase, perdeu a chance de conseguir uma importante vitória na luta contra o rebaixamento e pode terminar a rodada na zona da degola. A equipe tem somente dez pontos, na 16.ª colocação. Sábado que vem, viaja para encarar o Málaga pelo Espanhol.

Apesar da derrota, os torcedores do La Coruña celebraram logo com um minuto de partida, com contribuição de Paulo Henrique Ganso. O brasileiro escorregou sozinho no meio de campo e entregou a bola para o adversário. Juanfran recebeu pela direita e cruzou na cabeça de Ryan Babel, ex-Liverpool, que desviou com estilo.

O gol deixou a partida mais morna, mas aos 42, Andone marcou o segundo em linda jogada individual. Ele recebeu pela direita, colocou entre as pernas do marcador, passou no meio de outros dois e tocou na saída do goleiro. A reação do Sevilla começou dois minutos depois, quando Nzonzi recebeu na entrada da área e bateu cruzado para diminuir.

No segundo tempo, o Sevilla foi para cima, mas em um contra-ataque Andone arrancou sozinho e só não marcou porque foi empurrado por Mercado dentro da área. O árbitro não marcou pênalti.

E o erro da arbitragem custaria caro. Isso porque aos 41 minutos, Ganso recebeu na área e finalizou, a bola foi bloqueada pela zaga e sobrou limpa para Vitolo finalizar pelo lado esquerdo. Quando o empate parecia certo, nos acréscimos Mercado aproveitou sobra após escanteio da esquerda e fuzilou para selar a virada.