Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sobrevivente de acidente da Chape, Follman volta ao Brasil nesta segunda

(Foto: Divulgação/Chapecoense) - Sobrevivente em tragédia, Follman volta ao Brasil nesta segunda
(Foto: Divulgação/Chapecoense)

LUIZ COSENZO, ENVIADO ESPECIAL

CHAPECÓ, SC (FOLHAPRESS) - O neurocirurgião Jorge Pagura, presidente da comissão de médicos da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), afirmou neste domingo (11) que o goleiro Jackson Follmann, 24, sobrevivente do acidente que matou 71 pessoas chegará ao Brasil nesta segunda-feira (12). O horário ainda não está definido.

O avião da FAB já se deslocou para Medellín, onde o jogador está internado. O goleiro será levado para São Paulo, onde passará por uma operação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ele tem uma fratura na segunda vértebra cervical.

Já o lateral esquerdo Alan Ruschel, 27, e o jornalista Rafael Henzel devem chegar ao Brasil na terça-feira. O avião da FAB que vai transportar o lateral e o jornalista chegam a Medellín na segunda-feira. Ruschel e Henzel vão direto para Chapecó.

De acordo com Jorge Pagura, o zagueiro Neto ainda precisa ser melhor avaliado para saber quando retornará ao Brasil. Na sexta-feira, ele voltou a respirar sem a ajuda de aparelhos depois de nove dias dependendo de ventilação mecânica.

Follmann, Ruschel, Henzel e Neto foram os quatro brasileiros que se salvaram com vida do acidente aéreo que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, onde o clube disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana. No total, 71 pessoas morreram, incluindo 19 jogadores e 24 membros da delegação da equipe catarinense.