Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sport derrota a Ponte Preta e se afasta da zona de rebaixamento do Brasileirão

(Foto: Divulgação)  - Sport derrota a Ponte Preta e se afasta da zona de rebaixamento
(Foto: Divulgação)

O Sport se afastou momentaneamente da zona de rebaixamento ao vencer a Ponte Preta pelo placar de 1 a 0, nesta quinta-feira, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, pela abertura da 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao mesmo tempo em que o triunfo dá um alívio para o time pernambucano, atrapalha os planos da equipe de Campinas (SP), que tem como meta conquistar uma vaga na Copa Libertadores de 2017.

Com o resultado, o Sport pulou para a 14.ª colocação com 40 pontos, a cinco do Vitória, o primeiro da zona de rebaixamento. A Ponte Preta, que conheceu a sua segunda derrota consecutiva, fica em 10.º lugar com 45. Sexto colocado, o Corinthians soma 49 pontos, com um jogo a menos.

A expectativa era boa para o duelo. Com o time pernambucano lutando contra o rebaixamento, a torcida se mobilizou e não demorou para esgotar os pouco mais de 24 mil ingressos disponíveis. Dentro de campo, o início foi de pressão por parte dos donos da casa, tanto que Rodney Wallace exigiu uma grande defesa do goleiro Aranha em um arremate de fora da área.

A busca por um gol logo nos minutos iniciais deixou a defesa do Sport desguarnecida e por pouco a Ponte Preta não se aproveitou deste fator para abrir o placar. Rhayner acionou William Pottker na entrada da área. O atacante errou a passada e deu a oportunidade de os zagueiros se recuperarem na jogada, mas ainda tocou de volta para o camisa 10, que acabou facilitando a vida do goleiro Magrão.

O jogo ficou truncado com o decorrer do tempo. A Ponte Preta se armou melhor defensivamente e chegou com perigo aos 42 minutos. Rhayner deu belo passe para Clayson, que apareceu livre pelo lado esquerdo de campo e chutou para defesa de Magrão, assegurando o 0 a 0 nos primeiros 45 minutos.

O Sport voltou para o segundo tempo com outra cara e chegou ao gol em sua primeira chance criada. Aos oito minutos, Matheus Ferraz deu o chutão para tirar a bola da defesa, Diego Souza desviou de cabeça e deixou Rogério de frente para Aranha. O atacante só tirou do goleiro para fazer o primeiro gol dos donos da casa.

O time paulista tentou responder com Reinaldo, que foi para a jogada individual pela esquerda e chutou por cima do gol. Já o Sport perdeu uma grande oportunidade de ampliar aos 23 minutos. Diego Souza recebeu, Samuel Xavier invadiu a área e soltou a bomba, rente à trave de Aranha. Depois foi só segurar para assegurar os três pontos.

Na próxima rodada, a 34.ª, a Ponte Preta enfrenta o Santos no dia 5 de novembro, um sábado, às 21 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. No dia seguinte, o Sport visita o Grêmio, às 17 horas, na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA

SPORT 1 x 0 PONTE PRETA

SPORT - Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Rithely, Paulo Roberto (Neto Moura), Diego Souza, Everton Felipe (Luis Ruiz) e Rodney Wallace; Rogério (Apodi). Técnico: Daniel Paulista.

PONTE PRETA - Aranha; Nino Paraíba, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor, Wendel (Ravanelli)(Zé Roberto) e Maycon; Rhayner (Felipe Azevedo), Clayson e William Pottker. Técnico: Eduardo Baptista.

GOL - Rogério, aos 8 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Samuel Xavier e Rodney Wallace (Sport); Reinaldo, Wendel e Rhayner (Ponte Preta).

ÁRBITRO - Jailson Macedo Freitas (BA).

RENDA - R$ 127.530,00.

PÚBLICO - 24.324 pagantes.

LOCAL - Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).