Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

STJD vai julgar quatro jogadores e até árbitro por confusão no Gre-Nal

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou nesta sexta-feira que a confusão ocorrida no Gre-Nal do último domingo será julgada já na próxima quinta-feira, pela Quinta Comissão Disciplinar. Foram denunciados o lateral-direito Edilson e o atacante Bolaños, do Grêmio, e o meia Rodrigo Dourado, do Inter, todos por agressão física. Vitinho, do Inter, vai responder por ato desleal ou hostil.

Já o árbitro Francisco Carlos do Nascimento, no entender da Procuradoria, foi "omisso em seu dever de prevenir e/ou coibir a violência, bem como a animosidade dos atletas por deixar de punir de maneira correta e eficaz Bolaños e Vitinho". Pela denúncia, ele, assim, contribuiu para que aumentasse o clima de conflito entre os atletas.

A confusão começou quando Vitinho empurrou Bolaños na tentativa de pegar a bola depois de uma marcação de falta. O empurra-empurra continuou até que Edílson começou a desferir socos em Rodrigo Dourado.

Apesar de ter somente apanhado, sem conseguir reagir, Dourado também será julgado por agressão física, podendo pegar de quatro a 12 jogos de suspensão. O jogador do Inter foi expulso do clássico, junto com Edílson, o que gerou revolta do lado colorado. Vitinho levou amarelo, enquanto Bolaños nem advertido foi. Mesmo assim, também corre risco de pegar 12 jogos de gancho.

RENATO - Também nesta sexta, o STJD anunciou que o técnico Renato Gaúcho vai responder por reclamação desrespeitosa contra a arbitragem depois de ter sido expulso do duelo contra o Palmeiras pelas quartas de final da Copa dO Brasil. Pode pegar de uma a seis partidas.