Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Tencati conta com fama de ‘visitante ingrato’ para voltar ao G4

Tencati conta com fama de ‘visitante ingrato’ para voltar ao G4 Tencati conta com fama de ‘visitante ingrato’ para voltar ao G4

Depois de empatar no sábado com o Luverdense no estádio do Café, o Londrina já está em Pelotas (RS), onde nesta terça-feira (18) encara o Brasil, adversário direto na briga por uma vaga no G4.

O técnico Cláudio Tencati aposta no retrospecto positivo do Tubarão longe da torcida para recuperar os pontos perdidos em casa e voltar a figurar entre os quatro primeiros da tabela.

“Vamos ter que buscar alternativas fora. Os três jogos que teremos em casa (Paysandu, Atlético Goianiense e Avaí) serão pouco. Dos quatro fora, temos possibilidade de buscar duas vitórias. O time já reagiu dessa forma, buscou resultados que ninguém aceditava, inclusive com adversários diretos”, afirmou o comandante, lembrando das vitórias contra Atlético Goianiense, Náutico e Bahia fora de casa.

O Londrina tem a quinta melhor campanha fora de casa, com cinco vitórias, cinco empates e cinco derrotas em 15 partidas, com 15 gols marcados e 14 sofridos.

Para a partida desta terça, Tencati espera contar com a volta de Fillipe Soutto, que ficou fora da partida contra o Luverdense por lesão muscular. O jogador viajou para o Rio Grande do Sul. Caso não seja escalado, Rafael Gava pode recuperar a vaga no meio.

“Ele (Soutto) deu um ‘time’ diferente na organização do time, na distribuição do jogo para as laterais, abastecimento dos atacantes. Ficou evidente nos últimos jogos o crescimento que ele teve. Com Andesrson e Germano, teve mais liberdade para poder criar”, analisou o treinador.

No ataque, a vaga de centroavante deve ficar com Itamar, já que Keirrison está suspenso com o terceiro cartão amarelo. Safira e Bruno Batata são as outras opções do setor ofensivo.