Thales elogia consistência do Operário e busca vitória contra o Ituano para colar no G4 da Série B

Com um jogador a menos desde o primeiro tempo, o Operário arrancou um empate heroico contra o CSA no último final de semana, no Estádio Rei Pelé. A manutenção do 0 a 0 no placar se deu muito pela grande atuação do zagueiro Thales, que fez uma de suas melhores partidas desde que chegou no Fantasma, em duelo justamente contra seu ex-time, por onde atuou em 2017 e foi campeão da Série C do Campeonato Brasileiro, se classificando para a segunda divisão do ano seguinte. Em entrevista coletiva realizada para o canal oficial do Operário, no Youtube, o defensor elogiou a consistência defensiva da equipe para somar um ponto fora de casa.

“Na minha opinião, quando o coletivo vai bem, o individual aparece. Acredito sim que fiz um grande jogo, mas passa também pelo que o Reniê fez, pelo que o Arnaldo fez, depois o que o Lucas Mendes fez, pelo que o Fabiano fez… Tivemos uma consistência defensiva muito alta naquele jogo e temos que manter esse nível de atuação, porque é esse nível que vai nos manter próximos da vitória. Quando a gente atua bem defensivamente, e não falo só da linha de quatro, mas quando o time atua compacto, ficamos mais próximos de ganhar, pois temos jogadores de qualidade na frente e eles vão acabar decidindo o jogo para nós a qualquer momento.”

Contratado em dezembro de 2021, após passagem de destaque no rival Guarani, Thales soma 20 partidas pelo Operário no ano, sendo 17 como titular, e marcou dois gols. O defensor possui a melhor média de rebatidas da atual edição da Série B do Campeonato Brasileiro – 12 por jogo – segundo dados do Footstats. Em sete jogos da B do Brasileirão, o Fantasma sofreu apenas cinco gols, média inferior a um gol sofrido por partida. Titular em seis destes sete jogos, o zagueiro falou sobre o momento defensivo da equipe.

“Acho que a gente vem jogando bem, tivemos algumas oscilações em alguns jogos, o que é normal por ser um trabalho novo que vem sendo implementado e agora, com mais tempo, a gente tem entendido o que o professor Claudinei quer. Vamos ter altos baixos no campeonato, mas a gente espera estar sempre jogando em alto nível, assim como fizemos contra a Ponte Preta, Grêmio e agora contra o CSA, que foram jogos que, no meu ponto de vista, a gente foi muito bem. Acredito que a zaga vem sendo bem aproveitada, temos o Alemão, o Willian, o Ronald, que são bons zagueiros e se entrarem vão dar conta do recado. Falando de mim, acho que venho evoluindo, crescendo dentro do campeonato e claro, com ritmo de jogo as coisas mudam. Tenho certeza de que tenho mais para evoluir, mas acredito que estou fazendo um bom papel e espero continuar assim”.

No próximo sábado (21), o Operário encara o Ituano, às 11h, no Estádio Germano Krüger, em duelo pela parte de cima da tabela. Para o zagueiro Thales, agora com o campeonato se encaminhando, o time precisa se impor dentro de casa para conquistar os três pontos e não se distanciar do G4.

“Acho que o campeonato já está começando a se encaminhar, vamos para a oitava rodada, e dentro de casa temos que fazer o nosso papel. O jogo que a gente destoou foi contra o Grêmio, que é um time que vamos trocar pontos lá e aqui, mas dentro de casa temos que fazer o nosso melhor e contra o Ituano não vai ser diferente, vamos buscar a vitória a todo momento e precisamos vencer para colar no G4 e não ficar muito distante, porque quanto mais distante fica, mais difícil é para chegar lá. Esse é um jogo importante para nós, temos que pontuar e fazer os três pontos para continuar brigando na parte de cima.”

Informações da assessoria de imprensa.