Tite reconhece méritos da Argentina e valoriza testes durante a Copa América

A Seleção Brasileira lutou até o fim, mas acabou superada pela Argentina na final da Copa América. Após a derrota por 1 a 0, o técnico Tite reconheceu o mérito dos adversários e fez sua análise da partida no Maracanã.

“O sentimento é de tristeza, mas primeiro de reconhecimento do outro lado. Se não for assim, a gente faz do futebol como o que ganha é bom e o que perde é terra arrasada. Temos que olhar o outro lado. Aqui tem um profissional que tem um pouco de lastro para saber reconhecer o outro lado. Teve o trabalho, a qualidade técnica individual, teve as estratégias, teve o seu tempo, e fez um enfrentamento, com efetividade e conseguiu conquistar. Prefiro reputar e reconhecer o outro lado pelo valor da vitória”, disse em entrevista coletiva após o jogo.

Com o resultado na final, a Seleção Brasileira encerrou a Copa América com cinco vitórias, um empate e apenas uma derrota. Ao longo dessas sete partidas, Tite conseguiu dar oportunidades a 23 dos 24 jogadores convocados, o que era um dos principais objetivos da comissão técnica na competição.

Ao avaliar o legado que deixa a Copa América para seu trabalho, Tite destacou a rodagem que deu para alguns jogadores do elenco. “O que eu posso te dizer a grosso modo é que a utilização de todos os atletas convocados é um fator extremamente importante. E nós colocamos isso desde o início como objetivo. Era vencer, sim, mas também oportunizar esses atletas. Esse foi um dos aspectos importantes”, avaliou.

A Seleção Brasileira agora volta suas atenções para a Copa do Mundo. Atualmente, o Brasil é líder nas Eliminatórias, com seis vitórias em seis jogos.