Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
23.3ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Tite assina rescisão e encerra ciclo na seleção após seis anos e meio

Gabriel Sartini

Gabriel Sartini

Por Marcio Dolzan

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Rio, 17 (AE) – Tite encerrou oficialmente na tarde desta terça-feira (17) sua passagem como técnico da seleção brasileira Treinador da equipe nas duas últimas Copas do Mundo, ele esteve na sede da CBF para oficializar seu desligamento e assinar a rescisão, após retornar de um período de férias. Às 14h35, ele apareceu no saguão, cumprimentou os poucos presentes e se despediu.

Sorridente, Tite disse que estava lá como “Adenor e que a conversa tratava do lado humano”. Ele não gravou entrevista, mas agradeceu ao presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, aos funcionários da entidade e ao convívio que teve com todos na seleção ao longo dos mais de seis anos à frente da equipe.

Além do treinador, seus auxiliares diretos, Cleber Xavier, Matheus Bachi e César Sampaio, também estiveram na CBF para formalizar suas saídas. As situações do preparador físico Fábio Mahseredjian, do fisiologista Guilherme Passos e do coordenador da seleção, Juninho Paulista, ainda não estão definidas.

Fim da Era Tite na seleção

Finalizada oficialmente nesta terça-feira, a Era Tite chegou de fato ao fim no mês passado, assim que o Brasil foi eliminado pela Croácia nas quartas de final da Copa do Mundo do Catar. O treinador comandou a seleção brasileira em 81 jogos desde 2016. No período, conquistou o título da Copa América de 2019 e perdeu apenas seis partidas.

O treinador não revelou onde irá trabalhar a partir de agora. O desejo de Tite sempre foi tirar um período sabático e depois treinar algum clube na Europa. Ele descartou trabalhar no futebol brasileiro, ao menos num primeiro momento.

Quanto ao futuro técnico da seleção brasileira, o mistério prossegue. Ainda que os nomes de Carlo Ancelotti, José Mourinho e Pep Guardiola tenham sido elencados nos últimos meses, oficialmente a CBF assegura que nenhum treinador foi procurado. A seleção volta a atuar em março, provavelmente em dois amistosos.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia