Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Tite se surpreende com 3 a 0 e diz ter inspirado Brasil com gol do capitão do tri

(Foto: Divulgação)  - Tite se surpreende com 3 a 0 e diz ter inspirado Brasil
(Foto: Divulgação)

Demonstrando alívio e serenidade, o técnico Tite disse após a vitória por 3 a 0 sobre a Argentina na noite desta quinta-feira, no Mineirão, que não esperava um placar tão elástico. Na avaliação do treinador, o resultado expressivo só aconteceu porque o time argentino precisou se abrir após ir para o intervalo perdendo por dois gols de diferença. Tite revelou ainda que, na preleção antes da partida válida pelas Eliminatórias para o Mundial de 2018, mostrou o gol de Carlos Alberto Torres na final da Copa de 1970 para inspirar os jogadores do Brasil a terem senso de equipe.

"O placar eu não imaginava. Eu não imaginava um placar elástico. Eu imaginava um grau de dificuldade maior, tal qual estava se apresentando. A circunstância do jogo ajudou", afirmou Tite. "A Argentina que teve de se expor mais, avançar suas linhas. Ao avançar suas linhas o campo encomprida, e o espaço acaba acontecendo", completou.

O comandante, por sua vez, apontou o caminho para neutralizar o grande astro adversário e também aproveitar as armas ofensivas do time brasileiro. "Alguns ajustes acabaram acontecendo pelo lado direito. O abastecimento pra Messi era de Otamendi, Zabaleta e Mascherano. A gente tinha que cortar o passe aí, e pegamos Neymar e (Gabriel) Jesus só por esse lado."

O treinador disse ainda que não esperava arrancar com cinco vitórias nas cinco primeiras partidas sob seu comando - o Brasil já marcou 15 gols no período, tendo sofrido apenas um. "Foi acima do que eu imaginava. Os méritos se dão aos atletas", declarou Tite, exibindo humildade na entrevista coletiva após o confronto.

E foi ao comentar o desempenho de seus jogadores que o técnico revelou que, antes do confronto, apresentou aos jogadores o gol de Carlos Alberto Torres na final da Copa de 1970. O gol é considerado um dos mais bonitos da história pela forma com que foi construído.

"Eu terminei a palestra com o gol do Carlos Alberto em 70. E eu deixei a imagem e disse que essa imagem nos ensina muito. Eu fiz algumas observações: o Tostão veio ajudar a marcação de um lado, o Everaldo até embaixo. Na sequência, quase todos os jogadores do Brasil tocaram na bola. Na sequência abriu uma bola de um contra a um do Jairzinho. Quando a bola tocou, o lateral que estava aberto apareceu como sustentação de um jogador de frente. Aí eu concluí que isso nos mostra como é importante o senso de equipe", contou Tite.