Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Tubarão manda no jogo e vence mais uma na Primeira Liga

(foto: Avai/Divulgação) - Tubarão manda no jogo e vence mais uma na Primeira Liga
(foto: Avai/Divulgação)

O Londrina deu um passe importante para classificação em sua estreia na Primeira Liga ao vencer o Avaí por 1 a 0 na Ressacada, em Florianópolis, na noite desta terça-feira (31). Com o resultado, o Tubarão depende de um simples empate contra o Paraná, dia 21 de fevereiro no estádio do Café, para garantir a vaga. Até com uma derrota e combinação de outras partidas do grupo D pode carimbar a classificação.

Com Celsinho como titular e as entradas de Igor Bosel e Igor Miranda nas laterais, mais Lucas Machado no ataque, o Londrina foi superior durante os 90 minutos, com direito a gol anulado, pênalti a favor não marcado e uma série de boas defesas do goleiro Douglas Friedrich. A superioridade no entanto só foi se converter em resultado aos 44 minutos do segundo tempo, quando Safira balançou as redes e garantiu o segundo triunfo alviceleste na competição.

O jogo

O ritmo de pré-temporada voltou a ficar evidente na segunda partida dos times na Primeira Liga. A primeira inciativa foi do Londrina, que balançou as redes logoa os nove minutos. Gava cruzou na área, Luizão cabeceou para boa defesa do goleiro Douglas Friedrich. No rebote, Germano mandou para o gol, mas o capitão do Tubarão estava em condição irregular.

Três minutos depois, nova jogada de perigo do Londrina. Celsinho achou Safira na área, o atacante dividiu com o goleiro e a bola sobrou para Lucas Machado, que carimbou a zaga em sua primeira oportunidade no jogo.

Superior em campo, o Londrina chegou de novo aos 24, com Igor Bosel tabelando com Rafael Gava e batendo cruzado para boa defesa de Douglas.

Os donos da casa só foram dar o ar da graça para valer aos 34, quando Caio César invadiu a área, passou por dois e tentou cruzar. A zaga do Tubarão cortou antes que ela chegasse para a conclusão de Gustavo Santos.

Aos 42, o lance mais polêmico do jogo. Depois do cruzmento de Igor Bosel na direita, Safira desviou de cabeça e a bola bateu na mão do lateral direito Léo. O jogador do Avaí claramente abre o braço, provocando o pênalti não marcado pelo árbitro Leandro Vuaden.

Antes do intervalo, o Tubarão ainda teve mais uma grande chance. Rafael Gava cruzou da esquerda e encontrou Celsinho livre de cabeça. O meia parou em grande defesa de Douglas.

Na volta para o segundo tempo, o ímpeto do Londrina diminuiu. Ainda assim, o time da casa parecia não demonstrar interesse em reagir, deixando o jogo morno. A entrada de Junior Dutra, logo aos 11 da segunda etapa, foi a tentativa de Claudinei Oliveira para colocar fogo no jogo. Não funcionou.

Aos 26, a estrela do goleiro avaiano voltou a brilhar. Safira bateu de fora da área e parou no goleiro, que deu rebote. Welisson que havia acabado de entrar, cabeceou fraco e desperdiçou oportunidade. Dois minutos depois, Welisson tentou de novo de fora da área, e Douglas mais uma vez apareceu bem, arrancando aplauso dos pouco mais de 1,6 mil torcedores que foram à Ressacada.

Superior em campo e com maior posse de bola, o Tubarão não desistia da vitória e continuava pressionando. Aos 39, Safira recebeu cruzamento de Igor Bosel e cabeceou para mais uma boa defesa de Douglas, o nome de jogo. De tanto martelar, o Londrina finalmente furou a defesa catarinense.

Aos 44, Júlio Pacato, que entrou no lugar de Germano, cruzou da direita. Safira apareceu no segundo pau e, de peixinho, finalmente superou Douglas, abrindo o placar e garantindo a segunda vitória na Primeira Liga.