Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Vasco elogia 'trabalho bom' de Valentim, mas demite técnico após derrota na final

Chegou ao final a passagem de Alberto Valentim pelo Vasco. Após a derrota para o Flamengo por 2 a 0, no Maracanã, e a perda do título carioca, a equipe cruzmaltina comunicou a demissão do treinador, vice-campeão estadual neste domingo.

Para o duelo contra o Santos, pela quarta fase da Copa do Brasil, o time será comandado por Marcos Valadares, treinador da equipe sub-20 vascaína. E Valentim deixará o cargo depois de ter tido elogiado pelo presidente do Vasco, Alexandre Campello.

"Embora entenda que o trabalho tenha sido bom, a situação, a pressão que tem sido feita é muito grande. Enquanto a pressão vinha só na direção dele, optamos em manter o treinador. Mas, como isso começou a repercutir na equipe, optamos pela mudança", justificou o dirigente, nos vestiários do Maracanã.

Neste domingo, pouco depois da partida, Valentim deixou os vestiários do Maracanã sem falar com a imprensa. Bastante criticado pela torcida, ele enfrentou problemas extra-campo nas últimas semanas que culminaram na dispensa do meia Thiago Galhardo. Além disso, Valentim viu elenco e diretoria racharem com os constantes atrasos de salário.

Valentim assumiu o Vasco em agosto de 2018 e comandou a equipe em 42 jogos, com 18 vitórias, 11 empates e 13 derrotas. Um dos responsáveis pela permanência da equipe na elite do Campeonato Brasileiro, ele faturou a Taça Guanabara deste ano, o primeiro turno carioca, mas depois não teve sucesso na segunda metade da competição.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo